Resenha: O Dia da Caça - James Patterson

21/12/2016

O Dia da Caça
Alex Cross # 14
James Patterson
Ano: 2011 / Páginas: 224
Idioma: português 
Editora: Arqueiro
Alex Cross está diante do criminoso mais cruel que já enfrentou.
Quando o detetive Alex Cross é chamado para investigar um caso de assassinato, depara-se com a cena de crime mais terrível que já viu em toda a sua carreira: uma família inteira foi morta dentro de casa. Tudo fica ainda mais chocante quando ele descobre que uma das vítimas é Ellie Cox, sua ex-namorada dos tempos de faculdade.
Furioso, Cross decide pegar o assassino a qualquer custo. Logo depois outro crime acontece, novamente envolvendo uma família inteira, só que dessa vez alguns membros dela estavam nos Estados Unidos e outros, na África. A investigação leva a crer que o assassino, conhecido apenas como Tiger, viajou para a Nigéria. Sem hesitar, Cross vai atrás dele. O detetive entra numa caçada implacável, numa terra sem lei.
Ao chegar lá, Cross se vê diante de um terrível cenário de miséria, violência e guerra civil iminente. Sem nenhuma ajuda, ele se envolve numa luta contra a corrupção e contra uma conspiração que parece não ter fronteiras, que pode pôr em risco sua vida e a de todas as pessoas que ele ama.

Olá!

Pelamor que livro tenso!!!
A historia já começa mal, com o massacre de uma família inteira, pelo que parece ser uma gangue formada por pivetes da pior espécie liderados por um psicopata assassino. Foi difícil ler essa parte, a violência é enorme e não melhora no resto do livro. 

Alex Cross é chamado para investigar a cena do crime, e descobre que uma das vitimas era sua colega de faculdade e resolve investigar o caso com mais afinco. A investigação o leva a uma organização política e a um assassino cruel com base na África. 

A violencia extrema é constante. Se você tem estomago fraco, não é um livro indicado para você. Acho que as partes na África foram as piores. As cenas dos campos de refugiados de guerra e os horrores que eles passam, mexeu muito comigo. Dá para entender o porque das enormes multidões de pessoas que saem da África procurando por uma vida melhor na Europa. E mesmo as cenas na cidades e a corrupção policial são perturbadores. Eu consegui enxergar muito do Brasil naquelas cenas. Aliás, até da para sentir que várias cenas descritas podiam se passar calmamente em nossa terra. Muitas das coisas mostradas no livros, apesar de serem cenas de forte impacto, são vistas diariamente em nossos telejornais. 

Foi minha primeira experiencia com o autor e acho que vou esperar passar um tempo até pegar outro livro dele. É uma historia que precisa de muito sal Eno para fazer a digestão.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados