Ressenha: Princesa Adormecida – Paula Pimenta

30/11/2016

Princesa Adormecida
Princesas Modernas #1
Paula Pimenta
Ano: 2014 / Páginas: 192
Idioma: português 
Editora: Galera Record
Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. 
Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. 
Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida.
Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única.
Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim...


Ciao!

- Eu adoro a história da Bela Adormecida. Do trio clássico dos filmes da Disney, é de LONGE a minha favorita. E adaptar esta trama para um contexto mais realista, sem as explicações envolvendo maldição e magia é um desafio e tanto para quem se propõe. Outra releitura que li – Enquanto Bela Dormia  – passou pelo mesmo desafio em outro contexto, ao situar a trama na Idade Média. Paula Pimenta tirou de letra e encontrou uma forma atual e singela de narrar a história de uma jovem que desconhecia a própria identidade e se vê ás voltas com mudanças radicais na vida e, ao mesmo tempo, encontra o primeiro amor.

- Ela não tinha lembranças dos pais e era superprotegida pelos tios. Até que suas amigas de internato decidem que ela iria comemorar o aniversário de 16 anos saindo para ir ao shopping e a um bar onde havia uma matiné. Afinal de contas, ela nunca agia como as outras. Receosa, ela aceita e se diverte – e até ganha da DJ Cinderela uma música como presente. Como na vida real (atire a primeira pedra que nunca passou por isso), a fuga é descoberta e rende uma negociação com os tios por um pouquinho de liberdade.

- Pouco depois, Anna Rosa recebe no celular uma mensagem de um estranho que dizia que queria apenas conversar. Primeiro, ela fica ressabiada, mas ele é gentilmente persistente e, sem dar detalhes comprometedores, os dois trocam mensagens, onde vão descobrindo um pouco mais sobre o outro. claro que Marie Malleville estava apenas aguardando a primeira brecha na segurança para atacar.

- Não vou contar o que ela faz porque foi uma das ótimas sacadas. Tudo o que você conhece da história da Bela Adormecida vai aparecer no livro. A releitura destaca o primeiro amor que precisou percorrer caminhos tortos e inesperados, vencendo desafios mortais, para chegar ao final feliz. 

- Adorei por trazer fofura e sentimentos singelos à minha vida. Agora, tão logo seja possível, assim como Anna Rosa e Arielle, vou dançar ao som da DJ Cinderela ;)

Releituras das Princesas:
Princesa Adormecida
Cinderela Pop

Bacci!!!

Beta Oliveira

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados