Lançamentos Editora Globo Livros

10/11/2016



Confira os outros lançamentos:



A chave do tamanho - Nova edição
Monteiro Lobato

Quando este A chave do tamanho foi publicado pela primeira vez, em 1941, recebeu o subtítulo de “A maior reinação do mundo”. Isto porque é nele que Emília, nossa fantástica heroína de quarenta centímetros de altura, executa sua mais tremenda traquinagem. Preocupada com as guerras no mundo, a boneca vai à Casa das Chaves desativar a Chave da Guerra, o que poria fim a todos os conflitos. Mas sem querer acaba ativando a Chave do Tamanho e o resultado é catastrófico: as criaturas humanas e a própria boneca tornam-se pequeníssimas, enquanto todo o resto continua do mesmo tamanho: animais, plantas, construções, carros... Ao voltar ao sítio, ela encontra um mundo totalmente novo, no qual deve escapar de gatos e pássaros gigantescos, ávidos por devorar as pobres criaturinhas do Sítio. A mudança do tamanho impõe uma nova ordem, põe tudo de cabeça para baixo, e Emília e Visconde decidem salvar a todos desta terrível ameaça. Publicado durante a Segunda Guerra Mundial, este livro demonstrou a preocupação de Lobato em levar assuntos tão delicados ao seu público infantil. Apresentando discussões geopolíticas sem julgamentos prévios, Lobato põe sua Emília frente a frente com Hitler, a leva à Casa Branca, e a põe para presidir um plebiscito que definirá o destino de todos os pobres seres humanos. Afinal, de pequena a boneca só tem a estatura!

A reforma da natureza - Nova edição
Monteiro Lobato

E se você tivesse a oportunidade de reformar o mundo para deixá-lo do jeito que você quer? O que faria primeiro? Emília, a boneca de pano mais famosa da literatura brasileira, teve sua chance. Em A reforma da natureza, Dona Benta, Tia Nastácia e o Visconde de Sabugosa são convidados a participar de uma conferência de paz na Europa. Mas a boneca decide ficar no Sítio. Segundo ela, se fosse, “diria umas boas verdades aos ditadores todos!” Provavelmente diria mesmo, mas na verdade ela tinha outros planos... A Marquesa de Rabicó e sua amiga Rã, vinda direto do Rio de Janeiro, decidem reformar a natureza à sua maneira. Acham que “o mundo é uma grande trapalhada” e resolvem trocar os pés de jabuticaba pelos de abóbora e colocar torneiras nas tetas da Vaca Mocha. Também criam percevejos cheirosos, pernilongos que cantam e o fabuloso “livro comestível”. A confusão é imensa quando não tem gente grande por perto! E na segunda parte da aventura, quando o Visconde retorna da Europa, ele e a boneca fazem experiências em animais como formigas, grilos e centopeias, e acidentalmente criam monstros gigantes e assustadores. O mundo todo entra em alerta! Originalmente divida em duas obras – A reforma da natureza e O espanto das gentes – e depois unida em um só volume, esta história foi escrita por Monteiro Lobato durante a Segunda Guerra Mundial, como parte do seu projeto de levar os grandes temas às crianças. Através da sua personagem – que neste livro até vira gente! – Lobato celebra o poder da imaginação e a magia do faz de conta como ferramentas para transformação do mundo.

Bela Cozinha - Ingredientes do Brasil
Bela Gil

Com a proposta de incentivar uma alimentação baseada em ingredientes orgânicos e característicos da culinária brasileira, Bela Gil lança, pela Globo Estilo, Bela Cozinha – Ingredientes do Brasil, terceiro livro lançado pela apresentadora. A novidade em relação aos dois primeiros volumes, que venderam juntos 300 mil exemplares, é o seu conceito totalmente vegano e sem glúten. Os capítulos são separados por ingredientes, como cogumelos, abacaxi, castanha de cajú, melancia, feijão, inhame, palmito, entre outros, trazendo informações sobre o cultivo e o ingrediente em si, além de receitas saborosas e muitas vezes surpreendentes.
Inspirado em duas temporadas recentes do programa Bela Cozinha, do canal GNT, o livro convida à reflexão sobre a relação do indivíduo com a terra e com os alimentos e dá dicas sobre como é possível dar o pontapé inicial em direção a uma alimentação saudável.
Depois de visitar produtores orgânicos, urbanos e rurais, que dedicam suas vidas à produção de alimentos mais saborosos, nutritivos e sem agrotóxicos, Bela Gil reuniu mais de 60 receitas saudáveis, práticas e deliciosas, como ragu de cogumelo com jambu, acarajé, moqueca de jaca verde, salada de quiabo com alho-poró, sorvete da manga com inhame e gengibre e bolo de aipim com coco.
Todas as receitas de Bela Cozinha – Ingredientes do Brasil apresentam informações como tempo de preparo, número de porções e nível de dificuldade. Algumas delas trazem dicas de consumo, opções de substituição de ingredientes e ideias para reutilizar os alimentos.

Homens imprudentemente poéticos
Valter Hugo Mãe

Grande voz da literatura portuguesa contemporânea, Valter Hugo Mãe lança Homens imprudentemente poéticos, obra ambientada no Japão antigo e na qual o autor proporciona uma imersão idílica na cultura milenar japonesa. Com sua habitual escrita poética e desconcertante, Mãe traz à tona os temas da morte e do suicídio, em um contexto em que este ato possui um ponto de vista distinto ao do ocidente. Segundo o autor, no Japão, “um suicida não é visto como um fraco ou desistente, é visto como alguém que entendeu sua existência e se sente preparado para se entregar à natureza”.
Mãe situa seus personagens em uma aldeia no sopé do monte Fuji, próximo da região conhecida como a Floresta dos Suicidas, lugar que visitou enquanto escrevia a história. Os vizinhos, o artesão Itaro, que está em fase de preparação para a morte, e o oleiro Saburo são inimigos, mas devido às circunstâncias da vida, relativizam a discórdia e se opõem com cordialidade. De acordo com o escritor e jornalista Laurentino Gomes no prefácio do livro, “o mesmo olhar microscópico sobre a aldeia japonesa confere ao livro o tom de obra universal, de conteúdo profundamente humano, cujo enredo diz respeito a cada uma dos sete bilhões de pessoas que hoje habitam o planeta”.
Tal como em seu romance A desumanização, que teve a Islândia como cenário, Mãe escolhe um lugar longínquo para retratar a história, levando o leitor ao Japão profundo, um  ambiente sagrado que partilha o mesmo universo das fatalidades e da miséria. Diante das dificuldades e conscientes do valor da natureza exuberante que os cerca, os personagens passam a valorizar as pequenas alegrias do cotidiano e a espera da morte.
A morte também está no próprio modo do autor tecer sua literatura e não apenas nos enredos de suas histórias. Homens imprudentemente poéticos nasce da necessidade de retornar a um momento de descoberta, como se estivesse escrevendo seu primeiro livro. Mudou, então, seu processo de escrita – em vez de corrigir e retocar o texto, ele escolheu reescreevê-lo. “É como se eu escrevesse vários livros ao mesmo tempo. Nunca se esgota o livro”, afirma.
Agraciado com os prêmios José Saramago (2007), Grande Prêmio Portugal Telecom de melhor romance e livro do ano (2012), o escritor recebeu elogios de José Saramago, ganhador do único prêmio Nobel da língua portuguesa, que o definiu como um “tsunami literário”.

Rita Lee: uma autobiografia
Rita Lee

Nos últimos tempos eu tive um privilégio pra lá de especial: vi Rita escrever sua biografia. Era um momento que nem em meus sonhos mais loucos ousei experimentar. Como jornalista e curioso, sempre gostei de livros assim. História de gente interessante me move.  E vi nascer, daquelas mãos de fada com sua estrela de sete pontas tatuada, a melhor bio que já li na vida. Sem exagero.
No texto, Rita é de uma honestidade... Muitas vezes brutal. Que contrasta com sua doçura e com tanto amor e leveza. Sim, ela consegue colocar no mesmo capítulo faces tão diferentes e emoções tão distintas. Do primeiro disco voador ao último porre, Rita é consistente. Corajosa. Sem culpa nenhuma. Tanto que, ao ler o livro, várias vezes temos a sensação de estar diante de uma bio não autorizada, tamanha a honestidade nas histórias. A infância e os primeiros passos na vida artística; sua prisão em 1976; o encontro de almas com Roberto de Carvalho; o nascimento dos filhos, das músicas e dos discos clássicos; os tropeços e as glórias. Está tudo lá.
E você pode ter certeza: essa é a obra mais pessoal que ela poderia entregar de presente para nós. Rita cuidou de tudo. Escreveu, escolheu as fotos e criou as legendas - e até decidiu a ordem das imagens -, fez a capa, pensou na contracapa, nas orelhas... Entregou o livro assim: prontinho. Sua essência está nessas páginas. E é exatamente desse modo que a Globo Livros coloca a autobiografia da nossa estrela maior no mercado.
Sempre tive a certeza de que Rita é o maior compositor que já pisou nesse planeta (acho ruim escrever no gênero masculino, mas só assim para não deixar dúvidas de que ela está no topo dos topos). Através de suas canções, ela entrega os segredos da vida. Emoções e temas - muitas vezes complicados de se descreverem - aparecem de forma fluida, limpa, contundente. São revelações. Quem nunca se identificou com uma música dela? Quem é que não tem uma história com sua trilha sonora? É inegável sua importância para a cultura mundial. E com uma voz... uau! Jamais igualada.
Dito isso, musicalmente a sua importância é inegável. Agora, em 2016, Rita se reinventa. Mais uma vez. Nessa, como escritora. E das melhores! Mais do que uma celebração da vida de Rita, esse livro é uma sorte nossa, que vivemos na mesma época em que ela, por saber de sua história através da própria. E, mais do que sua vida, Rita entrega aqui parte importante da história do país, da cultura mundial. Conta passagens, descreve costumes e mudanças pelas quais passamos nos últimos anos.
Em um de seus inúmeros sucessos, Rita se descreve como 'uma pessoa comum, um filho de Deus'. Ao ler esse livro, fica provado: comum é tudo o que a vida dela não é. Convido vocês a lerem cada página. E depois me digam se não estou certo. Quanto a você, Rita, só me resta dizer: obrigado por dividir sua história com a gente.
- Guilherme Samora é jornalista e estudioso do legado cultural de Rita Lee

Mentes depressivas - As três dimensões da doença do século
Ana Beatriz Barbosa Silva

Mentes depressivas - As três dimensões da doença do século é escrito pela Ana Beatriz Barbosa, autora dos best-sellers Mentes Perigosas – o psicopata mora ao lado, Mentes consumistas: do consumismo à compulsão por compras, Bullying: mentes perigosas nas escolas e Mentes Inquietas: TDAH: desatenção, hiperatividade e impulsividade. Com mais de 2 milhões de livros vendidos, a aclamada escritora é referência nacional no tratamento dos transtornos mentais e realiza palestras e consultorias em todo o país.
Baseada em sua ampla experiência clínica em comportamento humano e psiquiatria, além de estudos e pesquisas recentes, Ana Beatriz Barbosa desmistifica a doença considerada um problema de saúde pública. Com linguagem envolvente e acessível a um público amplo, a autora aborda a depressão de maneira inovadora por meio das dimensões que a estruturam, a física, a mental e a espiritual.
Pesquisas comprovam que os índices de pessoas acometidas por quadros de depressão clínica aumentam a cada ano. Contudo, a falta de informação sobre o assunto impede o diagnóstico e impossibilita o tratamento adequado e eficaz contra o sofrimento crônico.
Os capítulos de Mentes depressivas abordam as diferentes faces da depressão, suas causas, sintomas e tipos, como a depressão infantojuvenil, aquelas que acometem pessoas na terceira idade e a depressão feminina, que acontecem principalmente durante o período pós-parto ou na menopausa. Na obra, Ana Beatriz ajuda a compreender a fundo o problema e apresenta estratégias para a recuperação e os tratamentos existentes.
Estudos científicos atuais revelam que 90% dos casos de suicídio estão associados a transtornos mentais que, se fossem corretamente diagnosticados e adequadamente tratados, evitariam um número significativo de perdas vitais. Por esse motivo, a autora dedica parte do livro para analisar o assunto, que ainda é considerado um tema tabu e tratado com preconceito e ignorância.

História de quem foge e quem fica
Elena Ferrante

No terceiro volume da série napolitana, Lenu e Lila partem para os embates da vida adulta. Numa sequência angustiante e sem espaço para a inocência de outrora, Elena Ferrante coloca o leitor no meio do turbilhão que se forma das amizades, das relações sociais e dos interesses individuais. História de quem foge e de quem fica é uma obra de arte a respeito do amor, da maternidade, da busca por justiça social e de como é transgressor ser mulher em um mundo comandado pelos homens.

A menina dos olhos molhados
Marina Carvalho

Bernardo é um excelente jornalista e suas matérias investigativas são sempre muito elogiadas. Ele só tem uma limitação: odeia trabalhar em equipe. Uma grande decepção amorosa fez com que ele se tornasse fechado e antipático. Por isso a incumbência de levar Rafaela, a nova estagiária do jornal onde trabalha, para todos os lugares, pode parecer a receita certa para uma desgraça. Mas, com o passar dos dias, Bernardo e Rafaela descobrirão que têm muito mais em comum do que a paixão pelo jornalismo...

Estragos
Fernanda Young

Estragos reúne as primeiras aventuras literárias de Fernanda Young, do período entre 1987 e 1995, quando ela tinha entre dezesseis e vinte e cinco anos de idade. Pela primeira vez publicados, os dezoito contos deste livro revelam a personalidade de uma jovem buscando seu estilo, um prenúncio do trabalho que viria a desenvolver nos anos seguintes, em seus mais de dez livros publicados.

A invenção de Morel
Adolfo Bioy Casares

Romance publicado originalmente em 1940, foi considerado por Jorge Luis Borger “uma trama perfeita”. Um cidadão venezuelano torna-se recluso em uma ilha deserta para fugir de uma condenação judicial.  Enquanto se alimenta de raízes psicotrópicas, o expatriado vê se apagar cada vez mais o limite entre a imaginação e a realidade.

Lonely Planet Orlando e Walt Disney Resort de bolso
Vários

O guia Lonely Planet Orlando e Walt Disney Resort de bolso é o seu passaporte para descobrir as atrações mais importantes, as dicas mais atualizadas e o que você não pode perder, além de locais pouco conhecidos que esperam por você na cidade. Veja o icônico Castelo da Cinderela no Magic Kingdom, explore o mundo mágico de Harry Potter no Universal Studios ou ande nas montanhas-russas do Islands of Adventure – tudo isso com o guia de viagens mais completo. Conheça o coração de Orlando e da Disney e comece a planejar sua viagem!







Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. Elis!
    Uauuuuuuuuuu!
    quantos bons lançamentos.
    Quero ler: Rita Lee, Mentes depressivas e A menina dos olhos molhados.
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Inicialmente quero ler A Menina dos Olhos Molhados ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Elis,
    Poucos lançamentos dessa vez me chamaram a atenção, até porque a grande maioria são de gêneros que não costumo ler. O único livro que me interessou foi A menina dos olhos molhados, faz tempo que quero conhecer a escrita da Marina Carvalho, e minha próxima leitura será O Amor nos tempos do ouro, como sou fã de romance de época, será um prazer ler um romance vivenciado no Brasil.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esse Mentes depressivas está parecendo bem interessante. Tenho históricos na família, então acho que seria legal de ler ao menos para estar mais por dentro do assunto. Ele parece que aborda vários tipos da doença, muito bom.
    A menina dos olhos molhados é o que mais chamou atenção e acho que iria adorar ler. Faz tempos que não pego nada dessa autora e gosto das coisas que ela escreve. A capa está linda também!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados