Resenha: Desejo Concedido - Megan Maxwell

15/11/2016

Desejo Concedido
Guerreiras # 1
Megan Maxwell
Ano: 2016 / Páginas: 464
Idioma: português 
Editora: Essência
Na Inglaterra do século XIV, após a morte dos pais, a jovem lady Megan Phillips, de vinte anos, segue uma vida tranquila, focada na educação e na criação de seus dois irmãos mais novos. Para fugir de um casamento arranjado por sua tia, Megan e a irmã, Shelma, vão para o castelo de Dunstaffnage, na Escócia, onde vive seu avô Angus de Atholl, do clã McDougall. Anos depois, durante o casamento de um de seus primos, Megan – uma mulher aguerrida, pronta a empunhar uma espada pra defender sua família e que não se dobra por nada e nem por ninguém –, conhece o temido guerreiro de olhos verdes Duncan McRae – um homem acostumado a liderar exércitos, mas que nunca esteve preparado para enfrentar o gênio forte de uma mulher. O destino trama contra (ou a favor de) Megan, que, contra a sua vontade, acaba se casando com Duncan. Conseguirão os dois se entender e seguir a vida como um casal feliz? Ou viverão às turras, como se estivessem num campo de batalha?
Olá,

Confira a resenha do livro Desejo concedido, da autora Megan Maxwell, publicada pelo selo Essência da editora Planeta

A história se passa no século XIV, período de embates entre Escócia e Inglaterra, o que nos leva a conhecer o cenário onde a trama se desenrola. É uma linda e envolvente história de determinação, coragem, amor e otimismo que aperta o coração e  nos encanta também.

Megan tem 20 anos, Shelma tem 18 e Zac é um bebê, moram com os pais em Dunhar, Inglaterra. Perdem o pai em um suposto acidente durante uma caçada e a mãe logo depois. Órfãos, ficam aos cuidados dos tios que se mudam para lá, onde fora o ninho de amor da família.

Os tios, para se livrarem das meninas que as considera selvagens escocesas por serem filhas de mãe escocesa e pai inglês, arquitetam um plano de oferecê-las em casamento a dois ingleses que as detestava. Sabendo disso, elas fogem , com a ajuda de John, velho amigo da família, para a Escócia onde mora o avô materno.

Os dias se passam. O avô as ama, mas elas não estão livres do preconceito. Frequentemente, são envolvidas em confusões com os aldeãos que moram nos  arredores do castelo. São chamadas de “sassenaches”, ou seja: sangue meio inglês.  São perseguidas por isso, mas não se intimidam, pois foram treinadas na infância na arte da montaria e do manuseio da espada.

Ducan Mac Rae, um destemido guerreiro, cruza a vida de Megan. Ele não suporta desafios, mas ela que não teme  a valentia e bravura guerreiro. Essa determinação desperta nele um enorme interesse por ela.Depois de muitas tentativas, se aproxima da voluntariosa moça que tinha opinião formada sobre namoro e casamento.

Megan está sempre alerta em relação a tudo e a todos, pois a qualquer momento ela e os irmãos poderão sofrer uma emboscada por parte dos tios que ficaram na Inglaterra.

Ela tem uma alma nobre e seu altruísmo não tem limites na defesa de seus entes queridos.

Muitos fatos interessantíssimos se sucedem no decorrer da história que, apesar dos embates, o caminho da redenção se aproxima.

A amizade, o amor, a lealdade,  o altruísmo, a persistência e a determinação são os componentes que tornam este romance especial.

A capa é bonita e a diagramação agradável à leitura. Recomendo.

Rosana Gutierrez

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados