Resenha: Os Reis do Bourbon - J. R. Ward

10/08/2016

Uma dinastia dividida entre a fortuna e o amor
Os Reis do Bourbon # 1
J. R. Ward 
Ano: 2016 / Páginas: 431
Idioma: português 
Editora: Universo dos Livros
Por gerações, a família Bradford foi coroada como magnata da capital mundial da produção de bourbon, no Estado norte-americano de Kentucky. A fortuna permanente lhes proporcionou prestígio e privilégios bem como a divisão de classes, conseguida a duras penas, na vasta propriedade familiar, a Easterly. No topo dela, há uma dinastia que, para todos os efeitos, joga de acordo com as regras da boa sorte e do bom gosto. Na base, os empregados que trabalham sem parar para manter impecável a fachada dos Bradford. E nunca os dois lados deverão se encontrar.
Para Lizzie King, a jardineira-chefe, cruzar essa fronteira quase arruinou sua vida. Apaixonar-se por Tulane, o filho pródigo da dinastia do bourbon, não foi o que pretendia, nem o que desejava, e o rompimento amargo só provou que seus instintos estavam certos. Agora, após dois anos de afastamento, Tulane finalmente retorna para casa, e traz consigo o passado. Ninguém sairá ileso: nem a bela e insensível esposa de Tulane; nem seu irmão mais velho, cuja amargura e rancor desconhecem limites; tampouco e especialmente o patriarca, um homem de pouca moral, ainda menos escrúpulos e muitos, muitos segredos terríveis.
Enquanto as tensões familiares profissionais e particulares florescem, Easterly e todos os seus habitantes serão lançados nos domínios de uma transformação irrevogável, e somente os fortes sobreviverão.
Olá!

Confira a resenha do livro Os Reis do Bourbon, da autora J. R. Ward, publicado pela Universo dos Livros.

“Os Reis do Bourbon” mais parece um livro introdutório do que um primeiro livro propriamente dito, nele conhecemos os irmãos Bradford Lane, Gin e Edward – e também sabemos da existência de Max, que só aparece nesse livro nos flashbacks – e o patriarca da família, Willian, que não vale o chão que pisa. Nesse livro começamos a ter vislumbres dos segredos guardados a sete chaves por todos da família.

A família Bradford, uma distinta família sulina produtora de Bourbon e dona de Easterly, a propriedade da família. E é em Easterly que Lizzie trabalha como jardineira chefe e foi lá onde conheceu e se apaixonou por Lane Bradford. O casal Lizzie e Lane protagonizam as cenas de romance do livro, mas não se engane pensando que o livro foca no romance pois não foca. O livro é praticamente todo focado no drama e nos segredos da família, tendo até mesmo assassinatos!

O livro é narrado em terceira pessoa, o que não é algo novo para quem já leu algum livro da autora, sendo que cada capítulo é focado em um personagem diferente. O ponto de vista intercalado pode atrapalhar o ritmo de leitura para algumas pessoas, mas comigo isso ajudou pois se fosse focado somente no casal eu não teria terminado o livro já que fiquei muito mais intrigada pela história de Gin e Edward que do casal ‘principal’ desse livro.

A história toda é bem clichê para quem lê livros de banca, porque fica na mesma história da família rica problemática que esconde segredos de todos – não vou entrar em grandes detalhes para não dar spoilers! Mas mesmo sendo clichê o livro é bom e sabe apresentar cada personagem muito bem, criando expectativa para o próximo livro, o terceiro deve ser lançado ano que vem nos Estados Unidos.

Os Reis do Bourbon (The Bourbon Kings)

Os Reis do Bourbon - The Bourbon Kings (#1) 

Thaís Averaldo

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Confesso que não me interessei pela trama de Os Reis do Bourbon - a história de Lizzie e Lane parece ser sem graça - e nem tenho curiosidade em conhecer a história da família Bradford, mas vou esperar os próximos livros serem lançados, quem sabe eles acabem despertando meu interesse e eu decida ler essa série...

    ResponderExcluir
  2. Olha, com essa autora nem sei se o clichê seria problema. Porque ela faz umas coisas com os personagens que é viciante de ler, acho sempre muito bom. Mas confesso que ainda não deu grande vontade de ler essa série dela. Talvez quando tiver saído mais...
    É um livro bem introdutório, não sei se teria grandes histórias e reviravoltas ainda, então acho melhor esperar pra ver o que surge aí pra frente. Mas pra quem já leu os outros da autora e quer alguma coisa mais real, sem fantasia e tal, esse é uma boa dica.

    ResponderExcluir
  3. Me prometi dar um tempo em livros da Ward. Cansei de IAN, cansei de trocentos novos personagens a cada livro, cansei dos dramas que não acabam, enfim, cansei. Ward tem isso: apesar de os livros sempre terem um casal principal, eles não são o foco, todo mundo participa nem que seja pra dizer "oi" e não aparecer até o próximo livro.
    Acabei gostando bastante de Edward e Tulane.

    ResponderExcluir
  4. Já estou cheia desses clichês, de dramas familiares e personagens ricos cheios de dramas e segredos, mesmo que a autora crie personagens envolventes e bem construídos, gosto de pontos de vistas alternados e tenho certeza que irei amar esse aspecto, talvez leia esse livro depois

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da autora, e amei essa capa, preciso ler logo um livro dela pra conhecer, e esse pareceu-me ser um bom livro, mesmo tendo partes clichês, rs
    Vou procurar e lê-lo assim que puder, acho que no sebo encontro!
    bjss

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados