Resenha: Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli

10/06/2016

Becky Albertalli
Ano: 2016 / Páginas: 272
Idioma: português 
Editora: Intrínseca
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.
Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.
Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.

Oi gente!

Simon começa a ser chantageado por Martin, ele vai tornar público sua troca de e-mails com Blue a menos que ele o ajude a sair com Abby. Simon fica chocado e chateado, mas até tenta ajudar Martin.

Simon se corresponde com Blue há seis meses, ambos se assumem gays e se tornam amigos e confidentes, porém durante esse tempo o sentimento entre eles muda e agora? Vale a pena sair do anonimato?

O livro retrata o primeiro amor de Simon, o começo diferente em que ambos não se conhecem até a revelação. Em meio a isso, conhecemos mais dele. Sua vida com seus amigos, com sua família, o momento em que ele “sai da armário”. Preciso ressaltar que amei a família do Simon!!! Que fofos!!

Vemos como colegas de escolha reagem, uns apoiam outros fazem bullying, mas gostei da autora não ter dado um clima pesado para a história. Tudo ficou bem tranquilo, não que os sentimentos ficassem superficiais, longe disso. A história é totalmente crível, eu consegui me conectar totalmente com os personagens e torci muito para que o primeiro amor de Simon desse certo.

Como Simon eu me surpreendi em quem era Blue, mas confesso que adorei! 

Se você quer ler um livro fofo sobre a adolescência de um jovem gay e seu primeiro amor, eu mais que recomendo esse. Você vai se divertir e torcer tanto por Simon e Blue, quanto para todos os amigos deles.


Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

3 comentários :

  1. Tá aí um tema do qual não me canso e as varias formas de interpretação das autoras, desde famílias que apoiam ou as que não entendem/não querem entender, onde viver em sociedade pode ser um inferno.

    ResponderExcluir
  2. Estranhamente sou meio que viciada em um livro de gays. Não sei se é pelos dilemas, por ter parentes que são ou as reflexões que livros assim trazem, mas adoro. E gostei muito desse. Vi muitos quotes e trechinhos por aí e parece ser um livro apaixonante, muito bonito, sensível e prazeroso de ler. Quero conferir, parece valer a pena.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa, gosto de livros de gays, apesar de achar triste alguns que os retratam como escandalosos. Ah, por favor né? Tenho um monte de amigos gays e são mais discretos que eu kkkkk
    Anotado aqui,
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados