Resenha: Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli

10/06/2016

Becky Albertalli
Ano: 2016 / Páginas: 272
Idioma: português 
Editora: Intrínseca
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.
Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.
Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.

Oi gente!

Simon começa a ser chantageado por Martin, ele vai tornar público sua troca de e-mails com Blue a menos que ele o ajude a sair com Abby. Simon fica chocado e chateado, mas até tenta ajudar Martin.

Simon se corresponde com Blue há seis meses, ambos se assumem gays e se tornam amigos e confidentes, porém durante esse tempo o sentimento entre eles muda e agora? Vale a pena sair do anonimato?

O livro retrata o primeiro amor de Simon, o começo diferente em que ambos não se conhecem até a revelação. Em meio a isso, conhecemos mais dele. Sua vida com seus amigos, com sua família, o momento em que ele “sai da armário”. Preciso ressaltar que amei a família do Simon!!! Que fofos!!

Vemos como colegas de escolha reagem, uns apoiam outros fazem bullying, mas gostei da autora não ter dado um clima pesado para a história. Tudo ficou bem tranquilo, não que os sentimentos ficassem superficiais, longe disso. A história é totalmente crível, eu consegui me conectar totalmente com os personagens e torci muito para que o primeiro amor de Simon desse certo.

Como Simon eu me surpreendi em quem era Blue, mas confesso que adorei! 

Se você quer ler um livro fofo sobre a adolescência de um jovem gay e seu primeiro amor, eu mais que recomendo esse. Você vai se divertir e torcer tanto por Simon e Blue, quanto para todos os amigos deles.


Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

3 comentários :

  1. Tá aí um tema do qual não me canso e as varias formas de interpretação das autoras, desde famílias que apoiam ou as que não entendem/não querem entender, onde viver em sociedade pode ser um inferno.

    ResponderExcluir
  2. Estranhamente sou meio que viciada em um livro de gays. Não sei se é pelos dilemas, por ter parentes que são ou as reflexões que livros assim trazem, mas adoro. E gostei muito desse. Vi muitos quotes e trechinhos por aí e parece ser um livro apaixonante, muito bonito, sensível e prazeroso de ler. Quero conferir, parece valer a pena.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa, gosto de livros de gays, apesar de achar triste alguns que os retratam como escandalosos. Ah, por favor né? Tenho um monte de amigos gays e são mais discretos que eu kkkkk
    Anotado aqui,
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados