Resenha: Quando Saturno Voltar - Laura Conrado

28/06/2016

Laura Conrado
Ano: 2015 / Páginas: 248
Idioma: português 
Editora: Globo Livros
Conta história envolvente e divertida sobre aceitar mudanças inesperadas e seguir em busca da felicidade. Em seu novo romance, Laura Conrado conta a história de Déborah Zolini, uma jornalista sonhadora e fã de Pablo Neruda que trabalha como assessora de imprensa de um clube de futebol da segunda divisão e namora o médico Sérgio há quatro anos.
Ela faz planos de construir uma vida a dois, arrumar um emprego melhor e correr atrás de desejos que ainda não realizou. Só que a vida, ou as estrelas, guardam surpresas para Déborah. Em uma viagem ao Chile, ela encontra uma mulher misteriosa que lhe fala sobre o retorno de Saturno. O planeta, que leva, em média, 29 anos para dar uma volta no sistema solar, voltará à posição em que se encontrava quando a jornalista nasceu. Para quem acredita em astrologia, esse é momento em que as pessoas passam por várias mudanças, que vão prepará-las para encarar o resto de sua vida.
Déborah não leva a moça muito a sério, mas pede às estrelas que a ajudem a realizar seus desejos. No entanto, no voo de volta ao Brasil, um encontro inesperado começa a abalar a vida aparentemente certinha da protagonista. Aos poucos, Déborah começa a notar que seu namoro anda meio morno, a falta de reconhecimento no trabalho a incomoda. Ela começa a admitir que não está gostando do rumo que as coisas estão tomando. Será a hora de partir para novos desafios? Trocar aquele relacionamento confortável pelo frio na barriga? Sair de vez da zona de conforto e ver o que acontece? 


Olá!

Confira a resenha do livro Quando Saturno voltar, da autora nacional Laura Conrado.

Quando Saturno voltar é um livro que, ao lado de um romance, traz mensagens que levam à reflexão sobre o amor e a vida.

O livro conta a história de Déborah, uma jornalista que trabalha como assessora de imprensa de um time de futebol de segunda divisão. Trabalha muito, detesta os chefes e o salário só dá para pagar as contas. Tem 29 anos e mora com os pais.

Sonhadora, fã de Pablo Neruda, namora há quatro anos o médico Sérgio com quem sonha se casar. Considera sua vida estável. O que Déborah não sabe é que o destino lhe reserva surpresas.

“Passei a vida evitando estar solteira, emendando um namoro no outro (…)"

Ela viaja ao Chile a trabalho do Clube e, na sacada do hotel onde está hospedada, depara-se com uma cigana que lhe fala sobre o retorno de Saturno. O planeta que leva aproximadamente 29 anos para dar a volta no sistema solar e voltar à posição em que se encontrava quando nascemos.

“O céu vai te trazer surpresas, minha Déborah (…) vai ter riso e choro, muita mudança, vai fazer as malas para viver um grande amor.”

É momento de mudanças e transformações para a vida da jornalista.

No voo de retorno ao Brasil, Déborah tem um inesperado encontro com Henrique que mudará sua rotina, levando-a a refletir sobre seu namoro com o médico, aliás sem muitas perspectivas. Ela acaba saindo de sua zona de conforto, tendo que redirecionar sua vida.

Até que isso aconteça, Déborah vai enfrentar desafios, vencer os medos que a perseguem desde a infância, para, finalmente, realizar seu projeto de uma vida verdadeiramente feliz, como sempre sonhou.

Com capa bonita, bem relacionada a trama e diagramação e papel agradáveis à leitura.

Uma graça de livro. Recomendo

Rosana Gutierrez

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

3 comentários :

  1. Parece ser um livro bem fofo e muito real por mostrar aquelas dificuldades, dilemas e sentimentos que vivenciamos em certas fases da vida. Aqueles momentos de mudança e de enfrentar a realidade, fazer o possível pra ser feliz e etc. Achei isso bem interessante nele e também por ser leve, essa parece uma história fácil de ler. Boa para relaxar em uma tarde preguiçosa =)

    ResponderExcluir
  2. Bom, não acredito em astrologia nem em signos, que sua vida possa por dificuldades devido a esses acontecimentos. E tbm nem acho que este seja o foco da história. Mas determinados acontecimentos servem pra fazer com que olhemos a vida, as situações, com outros olhos.

    ResponderExcluir
  3. Eu li até a metade e parei, gostei, achei engraçado, mas meio paradão.
    Penso em voltar a ler logo.
    A Dedé merece um final bem feliz e divertido como ela.
    bjoss

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados