Resenha: A Educação de Felicity - Marion Chesney

06/04/2016

A Educação de Felicity
Academia de Etiqueta # I
Marion Chesney
Ano: 2015 / Páginas: 240
Idioma: português de Portugal  
Editora: Edições Asa
Numa época em que as mulheres da nobreza só dispõem de duas opções - casar ou esperar que um parente rico morra - as irmãs Tribble não têm sorte nenhuma. Não só ainda não encontraram o amor como, após anos de bajulação a uma intratável tia velha, veem o seu nome apagado do testamento aquando da sua morte.
As românticas Amy e Effie Tribble sonhavam com ricos jantares de carne assada e batalhões de criados aduladores mas agora estão oficialmente na penúria. Ironicamente, é neste cenário desolador que lhes ocorre uma ideia brilhante: colocar a sua educação esmerada ao serviço das jovens mais "difíceis", apresentá-las à sociedade e arranjar-lhes casamento.
Não contavam que a sua primeira cliente fosse Lady Felicity Vane, cuja rebeldia ameaça enlouquecer a sua própria mãe e arruinar o projeto sentimental de Amy e Effie. A jovem prefere caçar com os amigos a pensar em casar. Mal ela sabe que o seu suposto pretendente é o homem que mais a irrita (e que mais irritado se sente por ela). Felicity nunca admitirá que o seu coração treme ao ver Charles Ravenswood, principalmente porque o elegante marquês parece não ter paciência nenhuma para as suas extravagâncias. O clima entre ambos é tão tenso que, se soubessem o que as irmãs planeiam, o resultado seria, no mínimo, desastroso… 

Ai que comédia!! Esse é o típico livro que não se leva a sério. 

As irmãs Tribble são duas solteironas que já passaram dos 50 anos, mas que não perderam as esperanças de arrumar um bom casamento. Elas estão na penúria, depois que a tia morreu e as deixou sem herança e precisam dar um jeito de se virar para não morrer de fome. Decidem publicar um anúncio se candidatando a educar moças difíceis da nobreza para a temporada de Londres.

A mãe de Felicity está desesperada, sua filha se comporta como um rapaz; usa calças, pragueja, bebe e sai em caçadas com os amigos. Ela faz tudo isso para agradar ao pai, que queria ter tido um filho homem, mas agora chegou a hora de tomar jeito e arrumar um casamento, e sua mãe não sabe como resolver esse problema, até que lê o anuncio das irmãs Tribble.

As irmãs são chamadas para resolver o problema de Felicity, e no caminho encontram o vizinho, o Marques de Ravenswood que as salva de um estouro de touros ensandecidos (na verdade são vacas atravessando a estrada), fica amigo das irmãs e as ajudam a conseguir o trabalho.

O marques tem horror à mocinha. Acha que ela é o pior tipo de mulher que existe. Ele gosta mesmo é de mocinhas sonsas, boazinha, baixinhas, loiras e rechonchudas, e Felicity é exatamente o oposto disso. E pior, ela faz de tudo para piorar ainda mais a sua reputação.

Ao se ver nas garras das irmãs Tribble, Felicity vai fazer de tudo para escapar desse destino cruel, vai mentir, se disfarçar, arrumar confusões, fugir para se casar, insultar... e tudo o mais que passar pela sua cabecinha diabólica! Ah, mas não pense que vai ser fácil; ela vai ter de enfrentar as irmãs Tribble e suas artimanhas para enfiar juízo naquela cabecinha oca, tal como arrumar um pastor capaz de fazer um discurso a plenos pulmões que dure a manhã toda, enfiar uma cobra na cama da mocinha e outras coisas do tipo...

O livro é uma comédia! Você fica o tempo todo rindo das situações que o povo arruma, e quando percebe o livro já terminou e você nem percebeu que passou tanto tempo lendo...

As irmãs Tribble são ótimas e estou doida para ler o próximo livro!

Série Academia de Etiqueta (The School For Manners Series)

A Educação de Felicity - Refining Felicity ( #1) 
A perfeição de Fiona - Perfecting Fiona (#2) 
Enlightening Delilah (#3) 
Finessing Clarissa (#4) 
Animating Maria (#5) 
Marrying Harriet (#6)

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. Não dei muita atenção pra ele quando vi, mas essa resenha me deu vontade de ler. Ao menos risos não vão faltar! E parece ser bem legal, humorada e leve. Uma boa história pra mudar de ares, tenho lido muita coisa pesada e faz tempo que não pego um pra dar aquelas risadas. Boa dica =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem levinho, tem só uma ceninha de pegação, então tem gente que não gostou por conta disto. mas eu adorei!!

      Excluir
  2. Só de ler a sinopse, já achei engraçada a vida que as irmãs Tribble levam.
    Adoro histórias bem humoradas e creio que "A Educação de Felicity" seja uma leitura obrigatória, para mim. Kkk
    Tenho certeza que irei amar a personagem Felicity, pois as características dela irão deixar a leitura ainda mais divertida.

    ResponderExcluir
  3. Hahahahaha adorei a resenha! Curto muito histórias com mocinhas não convencionais ou protogonistas que se odeiem e isso cause cenas e discussões hilárias. Quem sabe Arqueiro não traga este tbm?! ;)

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados