Resenha: Caçadores de trolls - Guillermo del Toro

07/04/2016

Caçadores de trolls
Guillermo del Toro
Ano: 2015 / Páginas: 340
Idioma: português 
Editora: Intrínseca
Uma história de terror criada por um dos artistas mais visionários da atualidade
O estilo inconfundível e marcante de Guillermo del Toro, sempre envolvendo universos mágicos, criaturas fantásticas e histórias espantosas, está presente em toda a sua obra como cineasta, roteirista, produtor e autor. Em Caçadores de trolls, ele presenteia os leitores com uma história sombria e de dar arrepios, com ilustrações capazes de nos transportar para um mundo paralelo apavorante.
Jim Sturges é o típico adolescente na cidade de San Bernardino: tem um pai superprotetor, um melhor amigo meio desajeitado e uma paixão platônica por uma menina que nem sabe que ele existe. Mas isso tudo muda quando um mistério de décadas ressurge, ameaçando a vida de todos os moradores da entediante cidadezinha. Junto com um grupo de heróis improváveis, Jim terá que enfrentar monstros com um gosto especial por carne humana.
Um livro sobre os medos e criaturas que se ocultam onde menos se espera.


Olá!

Confira a resenha do livro Caçadores de Trolls, dos autores Guillermo Del Toro e Daniel Kraus.

Caçadores de Trolls é um livro cheio de aventura com toque de suspense e mistério, afinal é de co-autoria de Guillermo del Toro ( O labirinto do fauno).

No final de 1969 muitas crianças estavam sumindo na cidade de San Bernardino, California –lá nos EUA é comum estampar a foto de crianças desaparecidas nas caixas de leite, com um número para contato – por conta desses inúmeros desaparecimentos, foi chamada de epidemia das caixas de leite. E, infelizmente os irmãos Jack e Jim Sturges, sofreram com isso. No aniversário de Jack, enquanto os irmãos brincavam, andado de bicicleta, Jack , o irmão mais velho sumiu. O que Jim viu, o deixou marcado para sempre.

Escuridão. nada além de escuridão. Mas então a escuridão se moveu.
Jim nunca superou, apesar de ter casado e tido um filho. Ele e o filho James , também conhecido por Jim como o pai, todos os dias passam pela cerimonia de fechar as dezenas de trancas, horários controlados a noite… Seu pai é completamente paranóico com segurança, diria também que seu comportamento é bem estranho e além do trabalho normal dele, ele apara a grama da maioria das pessoas e locais na cidade, com uma monstruosidade de cortador.

Bola é o melhor amigo de Jim, do filho, obviamente (risos). Tanto Bola, quanto a maioria dos alunos vivem sendo perseguidos por um idiota valentão, o Steve, que acaba sempre se dando bem pois é o atleta número um da escola.

Jim está com uma paixonite pela aluna nova com sotaque escocês, Claire. Por conta de uma inesperada sorte: ele interpreta bem ! – acaba como Romeu na peça e obviamente Claire é Julieta. É para a semana de comemorações do festival anual das Folhas Caídas. De tanto que a peça foi representada, apelidaram de Ro & Ju.

Claro que parece tudo normal, até que Jim passa a ver umas coisas estranhas, até que uma noite com a luz do monitor do computador ele vê o que está por trás das sombras.

Para cortar caminho, Jim e Bola costumam passar por dentro do museu Histórico de San Bernardino e por lá está chegando uma atração nova, uma ponte muito antiga, a ponte Killaheed.

Numa reviravolta o passado está a porta e Jim descobre que é um caçador de Trolls. Há Trolls em todo mundo e em San Bernardino, está acontecendo algo que pode mudar o mundo.

A trama é divertida, flui bem, há muitos trolls, gatos envolvidos – coitadinho deles, mas foi tragicômico e vocês também vão achar isso- mistérios resolvidos, caçada, luta, estática em tv’s, amizade, reencontro, com um toque levemente sombrio, afinal há trolls !!!!!!

Cuidado com o que pode estar escondido nas sombras 😀

O livro tem várias ilustrações coloridas  de Sean Murray que ajudam mais ainda a entrar no clima do livro.

A capa é muito legal e bem significativa, e a diagramação e papel são agradáveis à leitura. A Intrínseca caprichou.


Recomendo
Rosana Gutierrez

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. Gostei muito do fato de que o livro é divertido e possuir ilustrações ao longo da história, a capa também me chamou bastante a atenção.
    Só não sei se iria curtir o enredo, pois histórias que envolvem terror ou seres como trolls, não me agrada muito.

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros nesse tipo e quando tem ilustrações pra dar aquela ideia do que estão falando. Acho que a experiencia fica mais legal, diferente, sei lá. Gostei da sinopse desse e parece valer a pena a leitura. Pelo jeito prende e faz você querer ler até não poder mais =)

    ResponderExcluir
  3. Apesar de todo o mistério, terror, conta muito a história ser engraçada. Fiquei bem curiosa pra saber como o autor lidou com os dois aspectos.

    ResponderExcluir
  4. Adoro os filmes do Guillermo del Toro,por esse livro ser dele chamou minha atenção.
    Parece uma boa dica juvenil,com ar engraçado e toques sombrios.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados