Resenha: Querubins - Martha Ricas

23/03/2016

Querubins
A sentença da espada
Martha Ricas
Ano: 2015 / Páginas: 239
Idioma: português 
Editora: Novo Século
Uma guerreira do céu; Uma dama vitoriana; Uma guerra invisível.
Querubins, a sentença da espada é um relato em duas vozes: a da querubim Chaya, enviada a uma vila celta pré-cristã e que não vê no homem um ser especial, mas com um espírito guerreiro que não a deixa fugir de uma batalha, e a de Mary Grace, uma donzela da Inglaterra vitoriana atormentada por visões que não consegue desvendar.
Ambas as tramas se desenlaçam por caminhos intrépidos e podem estar mais ligadas do que imaginam. Garota e querubim podem e precisam mudar o mundo em épocas diferentes. Seguindo os mesmos passos por cenários deslumbrantes e segredos cada vez mais profundos, elas o farão querer embarcar nas intrigas palacianas e nas batalhas angelicais. Recheada de paixão, mistério, ação e intrigas políticas, a trama é tão perturbadora quanto fascinante.

Uma história de amor e luta do bem contra o mal que foi me conquistando a cada página lida.

A história é contada em dois períodos, uma por Chaya e outra por Mary Grace. Conforme as informações vão sendo apresentadas, conseguimos entender que as experiências de ambas estão ligadas e o futuro da guerra depende delas.

Chaya é uma querubin guerreira que faz parte do exercito celestial na guerra contra os demônios. Seus superiores desenvolvem uma estratégia e ela é a escolhida para fazer com que o plano dê certo. Assim ela vai para um vilarejo no século V A.C. que está sendo dominado por demônios a fim de cumprir sua missão.

Mary Grace é uma jovem da era vitoriana 1840 D.C. com um dom. Ela vê o mundo espiritual, principalmente os demônios, vive atormentada e por isso é incompreendida por sua família e amigos. Então Anton entra em sua vida, no começo ela quer mesmo ficar afastada dele, algo a repele. Mas ele vem de uma família prestigiada na sociedade e os pais de Mary o veem como as respostas de suas preces, eles não acreditavam mais que ela se casaria. 

O que faz com que ela aceite sua companhia é o fato dele também ver o mundo espiritual, com a revelação de que ele a entende, um novo mundo se revela. E ele promete mais revelações, mas depende da leitura de um livro que conta a história de como um vilarejo venceu os demônios que os oprimiam. 

Contar uma história sobrenatural não é nada fácil porque o autor deve criar muito bem o pano de fundo para a história, qualquer detalhe pode desandar tudo, mas a Martha conseguiu manter esse pano de fundo rico e simples, focado no que ela queria contar. Isso deixou a história atraente. Conforme eu lia, mais envolvida eu ficava com o mistério. Devo dizer que ela não é muito difícil de adivinhar, mas a beleza da história não está aí e sim no modo como você sente que o final feliz pode não acontecer. Isso deixa seu coração em suspenso.

Gostei muito da história e da forma como ela foi contada. Por mais que envolvam seres celestiais e infernais, em nenhum momento eu senti alguma religião influenciando a escrita. O livro não é grande, mas eu me senti lendo um calhamaço e não de um jeito ruim, muito pelo contrário, todos os capítulos tinham algo a acrescentar e com uma riqueza que fazia a história parecer maior que realmente era em palavras.

O que não me agradou muito foi o capítulo final, não vi necessidade e confesso que até fiquei chateada porque acabou parecendo que o sacrifício feito não adiantou para nada. Pode ter sido uma intenção de continuar a história, o que é até válido, mas como me entristeceu o sacrifício, acho que levei para o lado pessoal.

Vale a leitura.

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

8 comentários :

  1. Me interessei por essa luta contra o bem e o mal na história. Gostei muito da história possuir mistérios e ao mesmo tempo, seres celestiais.
    Espero muito que o desfecho da história não me decepcione.

    ResponderExcluir
  2. Esse vi, fiquei querendo ler mas depois conferi umas resenhas bem pra baixo dele e deixei pra lá. Não sei se pelo fato de ser sobrenatural ou as coisas que vi falando que era clichê, mas não deu muita vontade de ler mais. Ver outra opinião é bom, podia dar outra chance.... Mas sei lá, foi um livro que acabei desistindo e não sei se leio mais =/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Elis. Tudo bem?
    Gostei da dica de hoje, pois eu até então não conhecia este livro, mas a forma como escreveu sua resenha, me fez querer saber mais desta estória.
    Apesar de não ter se agradado do capítulo final, os personagens e a narrativa mostram ter sido muito bem construída, assim como todo seu cenário, intercalando entre dois períodos bem diferentes. Amo demais de estórias assim, e da mesma forma que você gostou, sei que irei gostar também.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia a autora, mas gostei bastante da sinopse/resenha de “Querubins: a sentença da espada”. Mesmo em épocas diferentes, as personagens têm suas histórias ligadas.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Elis!
    Não curto livros com intrigas palacianas, por outro lado, tenho um fraco por livros com batalhas angelicais contanto que não haja nenhuma religião influenciando a escrita, algo que você sentiu que não havia em Querubins, o que eu acho ótimo pois fiquei bastante curiosa sobre esse livro. Valeu pela dica!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro mas achei a historia bem interessante ainda mais sendo uma historia sobrenatural de época me deixando bem interessada e se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  7. Gosto de histórias que envolvem seres celestiais, e essa me interessou bastante por você ter falado da riqueza que a obra apresenta em questão de história. Não conhecia o livro e fiquei bem curioso para poder ler! Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Não fiquei muito interessada no livro =(
    Não sei, a história não me cativou e os personagens não me agradaram tanto, sabe?
    Realmente não fiquei interessada em lê-lo.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados