Resenha: Príncipe Lestat - Anne Rice

22/02/2016

Príncipe Lestat
As Crônicas Vampirescas # 11
Anne Rice
Ano: 2015 / Páginas: 528
Idioma: português 
Editora: Rocco
A autora do clássico Entrevista com o vampiro volta ao universo que a consagrou. Príncipe Lestat traz de volta o mundo belo e assustador das Crônicas Vampirescas e personagens que se tornaram eternos na imaginação e no coração dos leitores, entre eles Louis de Pointe du Lac e o eternamente jovem Armand, além de novas e sedutoras criaturas sobrenaturais. Pairando sobre todos, o desaparecido herói-andarilho, o perigoso e rebelde fora da lei – a esperança dos Mortos-Vivos – Príncipe Lestat. Neste romance inédito, ansiosamente aguardado por milhares de fãs da autora, o mundo dos vampiros está em crise; por todo o globo, eles têm sido queimados, e grandes massacres ocorrem, ordenados por uma voz misteriosa. Cabe a Lestat e seu séquito de bebedores de sangue desvendar os segredos sobre o que essa voz quer, e por quê, nesta trama ambiciosa, devastadora e luxuriante.
Lestat, seu lindo!!!
Ai que saudades que eu estava do meu vampirão preferido de todos os tempos!! 
Ao mesmo tempo em que estava morrendo de saudades e de vontade de ler, eu tinha um medo enorme! A titia Anne Rice mudou muito a personalidade do seu vampiro mais famoso ao longo dos anos. Ela o tornou mais filosófico depois de Memnoch, e muito mais chato também. Então, eu tinha medo enorme do que iria encontrar, ja que até hoje não consegui terminar de ler “Cantigos de Sangue” por conta das sandices que ela escreveu naquele livro.

No começo do livro tem um apanhado do que aconteceu nos capítulos anteriores, pra gente não ficar perdida, já que faz tempo que a Anne Rice não escreve nada a esse respeito. Depois no final tem um Apêndice com um resumo dos livros da série e personagens. Achei legal isso, afinal a memória já não anda tão boa, e ela enfiou zilhões de personagens no livro, então é bom ter um resuminho pra gente não se perder.

O começo é confuso, demorei para me ajustar ao ritmo e a linguagem (ou a tradução ruim). Achei o começo bem arrastado com aquele monte de vampiros desconhecidos voltando das tumbas e do massacre dos vampiros novatos. De Lestat mesmo teve pouco, e ficou meio sem sentido aquela converseira toda dele sobre o nada. 

Da metade para a frente o livro engata uma quinta e flui melhor. Ou isso, ou me acostumei com estilo e a tradução ruim. Aquele monte de blá-blá-blá começa a entrar nos eixos e a história passa a fazer algum sentido. Você começa a entender de onde veio a voz que azucrina os personagens, e o que ela realmente está querendo. E como o livro é basicamente todo sobre isso, é bom mesmo finalmente começar a juntar os pontos.

Agora sim, aparece o Lestat com toda a sua glória! Me diverti demais com ele, voltando a aprontar todas! Tem até uma cena dele com um machado, provocando um desmembramento na mesa de jantar. Que cena linda e singela! Amei de paixão, senti falta desses rompantes politicamente incorretos do Lestat.

Bom, se a titia Anne Rice quis fazer uma reentré de seu vampiro mais famoso, ela conseguiu! Lestat é insuperável. Não há vampiro melhor, mais bonito, charmoso e danado que ele. Nas palavras da autora: “E que figura arrojada e bela era Lestat. O James Bond dos vampiros com toda a certeza”. E é essa a impressão que você fica no final do livro. Lestat voltou dos mortos onde a Anne o enfiou e ao que parece ela está preparando aventuras maravilhosas, onde ele poderá mostrar o seu melhor, e o seu pior! (E essa é a minha parte preferida).

Então, se você não conhece o vampirão, pode começar por esse livro sem medo. Ao que parece o livro foi feito para novos leitores da obra, ja que conta com introduções e Apêndices para a iniciação dos novatos. Depois de terminar, com certeza você vai ficar curiosa e querer conhecer todas as aventuras anteriores. E para isso é melhor ler na ordem para entender melhor, principalmente o “Rainha dos Condenados” que é essencial para o melhor entendimento deste livro. De resto, é uma ótima diversão!

As Crônicas Vampirescas (The Vampire Chronicles series)

Entrevista com o Vampiro - Interview with the Vampire (#1) 
O Vampiro Lestat - The Vampire Lestat (#2) 
A Rainha dos Condenados - The Queen of the Damned (#3) 
A História do Ladrão de Corpos - The Tale of the Body Thief (#4) 
Memnoch - Memnoch the Devil (#5) 
O Vampiro Armand - The Vampire Armand (#6) 
Merrick - Merrick (#7) 
Sangue e Ouro - Blood And Gold (#8) 
A Fazenda Blackwood - Blackwood Farm (#9) 
Cântico de Sangue - Blood Canticle (#10) 
Príncipe Lestat - Prince Lestat (#11) 
Paraíso de Sangue - Blood Paradise (#12) 

Comente com o Facebook:

Um comentário :

  1. Ahh, queria ler esses livros dela. Ao menos o primeiro. Já vi aquele filme e gostei muito, a ideia é bem legal e a autora fez um livro e tanto pelas resenhas que vi. Mas são tantos da série e ainda não tive coragem de começar. Esse foi um que chamou atenção de novo pelo fato de não ter lido. É um livro bom pelo jeito, os fãs vão gostar de rever o personagem.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados