#BEDA Quiz literário – Dia 20 - Três livros especiais na sua vida.

23/08/2015

amor_por_livrosVamos com mais uma pergunta, me conta os seus queridinhos, posso me interessar em ler!


Dia 20 – Cite 3 livros especiais na sua vida. Fale sobre eles.


Elis Miranda: E o vento levou, assisti ao filme umas vinte vezes antes de ler o livro e nenhuma dessas vezes me preparou para o quão maravilhosa é a história. Rhett e Scarlett são um casal que rendem cenas inesquecíveis. O final sempre foi um espinho no meu coração mas não consigo deixar de amá-los. Nudez mortal, mais um casal especial, Roarke e Eve. Tão diferentes e mesmo assim se completam de uma forma tão linda. Amo os dois e adoro acompanhar suas vidas. Não consigo pensar em um terceiro livro, tenho outros especiais mas não consigo escolher.


Paula Machado: Sou nova no campo de leitura, mas vamos lá. Polianna, me ensinou que nada é motivo pra tristeza, que quando ficamos tristes por algo, sempre tem uma coisa pra nos fazer sorrir, podemos brincar da brincadeira do contente. Métrica, me ensinou o valor da amizade e perseverança, que sempre existe luz no fim do túnel e Eu pego esse homem, uma leitura interessante, vale a pena ler.


Jessica Prudêncio: Droga da Obediência, Perigos em Alto Mar, Os crimes da rua Morgue. Droga da Obediência e Perigos em Alto Mar são especiais, porque foram os primeiros livros que eu peguei emprestado da minha mãe para ler. Sabe aquele momento que você se imagina dentro da história. Nossa é tão magico. Os crimes da rua Morgue foi o primeiro conto de terror que li. Nossa, imaginar um orangotango assassinando mãe e filha foi estranho.


Leila Moredo: Amor e Redenção (Francine Rivers). É uma história de amor, fé e redenção. O livro transpõe a história descrita e presenteia o leitor com uma perspectiva de fé e amor em sua vida pessoal. Segredos (Nora Roberts). Conta a história de três gerações suas relações e conflitos pessoais. Aborda a história do Rock americana, romanceada. E O Amor Venceu (Zíbia Gasparetto). Um romance que ensina sobre o amor. Li e reli há mais de 15 anos e seu ensinamento ainda permanece.


Marcela Vieira: Amor de Perdição. Primeiro livro NOVO de literatura que ganhei dos meus pais, eles não tinham dinheiro para investir e eu usava os da Biblioteca. Li em uma tarde e chorei pela literatura e por ter um livro com cheiro de novo. - Fiquei com o seu número - Sophie Kinsella. Me senti no livro, personagem bem humorada, atuando como secretária (sou bacharel em Secretariado), as vezes dramática... me vi atuando em um livro. - A Arte da Guerra - Era para ser "uma lição" para a vida profissional e me vi acrescentando muito conhecimento para minha vida pessoal. Deve ser livro de cabeceira.


Ana Paula Vitulio: Nossa vou citar o porquê me apaixonei por livros. O escaravelho do diabo li esse livro pra uma prova em uma tarde inteira. O filho do caminhoneiro o primeiro livro drama que li, tinha 11 anos. E agora recente Como eu era antes de você, esse livro eu li numa época muito foda da minha vida, tinha perdido minha melhor amiga e li, foi onde comecei a aceitar a morte.


O crédito das perguntas do quiz são da Tatá que comandava o Happy Batatinha (Não achei mais o blog).


badge_post_01

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

7 comentários :

  1. Alessandra Fernandes24 de agosto de 2015 11:42

    Perguntinha difícil viu? =P
    No ensino médio os professores sempre escolhiam um livro para lermos, e lembro-me que conheci Vidas Secas e Depois daquela viagem. Acredito que são livros que todos deveriam ler. Outro livro também foi O menino do dedo verde, li quando criança e era um gênero que não gostava, mas assim que comecei a ler, fui surpreendida.
    Bjs Elis!

    ResponderExcluir
  2. Affe, que pergunta difícil!!!
    Dançando sobre Cacos de Vidro – Ka Hancock: história linda em que todos os sentimentos e reações possíveis afloram.
    Na Mira do Vampiro - Lopes dos Santos: primeiro livro da minha vida XD
    Ai, o 3o tá difícil pra escolher.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Elis!
    Um livro que eu amo e é um dos meus favoritos é O segredo de Emma Corrigan, através dele conheci o universo dos livros de livraria, lia apenas livros de banca e clássicos; li graças a internet e mais tarde acabei comprando e relendo, e com certeza pretendo ler novamente, mas só quando a história não tiver tão fresca na minha mente... Se você está triste, recomendo esse livro.
    O segundo que é pra mim muito especial é Cinco Minutos de José de Alencar, até hoje foi o único clássico que me fez chorar enquanto lia a carta de adeus - sou uma manteiga derretida mas a história é linda!
    O terceiro é Veronika Decide Morrer do Paulo Coelho, a protagonista tenta suicídio e sem êxito é internada numa clínica psiquiátrica, no fim, Veronika acaba se apegando a vida com desespero; fizeram até o filme, que não assistir, ainda.
    Esses são três livros especiais para mim, e confesso que foi difícil escolher entre tantos.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Outro mais difícil ainda! rs
    Já li desses citados meninas, Amor de Redenção, O escaravelho do diabo (na escola, todo mundo lia só porque tinha diabo no nome kkkk mas curti tanto que até hoje (10 anos depois) ainda leio muitooooo a coleção vaga-lume).
    A droga da obediência, conheci ano passado e amei, falta só dois para mim terminar a série dos Karas!!!
    Queria ler Como eu era antes de você, mas tenho medo, porque já sei o final, então...
    Mas olha teve MUITOS livros que mudaram a minha vida, um deles é A Bandeja, da Lycia Barros, que veio no momento que eu mais precisa e foi de muitooooo apoio!!! O Estranho sem rosto, da Gleise Costa também. E, Encontrada da Carina Rissi, foi um dos que mais ri na vida!! rs
    bjoos

    ResponderExcluir
  5. Droga da Obediência foi um livro que me marcou muito, porque aprendi a gosta de ler com ele. Depois li o restante da série dos Karas e amei. Inclusive ontem consegui completar a minha coleção e pretendo ler tudo de novo.
    Outro livro que me deixou mto ansiosa a espera de cada livro da série foi Harry Potter. Comecei a ler antes de virar essa moda toda, mas claro que em pouco tempo todo mundo falava e eu amava tb igual eu. Ainda quero comprar uma coleção de livro que mostra o castelo na lombada, acho lindo!
    E por fim, eu comecei a amar chick lit depois que conheci a Bridget Jones, ela é mto engraçada! Uma pena que o terceiro livro tenha matado o Darcy.

    ResponderExcluir
  6. Leticia Ramos de Mello Oliveira25 de agosto de 2015 15:44

    Olá, Elis!

    Lealdade Mortal foi o primeiro livro da Série Mortal que comprei e li e amei. E mesmo tendo lido fora de ordem, me encantei com Eve e Roarke e vi um novo lado da Nora Roberts que conhecia dos romances de banca.
    O pequeno príncipe era marcado por mim como livro de miss, mas quando li, vi que é muito mais do que isso e que todos podem ler e se emocionar com essa história eterna.
    O nome da rosa me marcou porque foi o primeiro livro que li e vi o filme inspirado nele. E como o filme é bastante fiel ao livro, pude dar aquela de chata do cinema que sabe tudo do filme, mesmo sem ter o visto. E olha que foi uma exibição em sala de aula com a turma do ensino médio!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. "Extraordinário" é um livro bem especial, terminei de ler e chorei, com um misto de alegria esperança por ter aprendido tanto com um personagem fictício tão incrível, August Pullman. A forma como este garotinho vê o mundo e tenta compreender as coisas, a sua honestidade consigo mesmo e sua coragem são coisas que me encantaram e me fizeram enxergar o mundo de uma forma um pouquinho mais sensível.
    "O Caçador de Pipas" também me marcou demais, por ser tão real e contar uma história de amizade tão linda e mostrar o quanto importante é tentar reparar a dor que causamos a alguém que amamos e o que isso causa a nós mesmos. Fiquei bastante emocionada durante a leitura e principalmente com o contexto tão desesperador e sofrido vivido por tanta gente no Afeganistão.
    "Fiquei Com Seu Número" não podia deixar de faltar!!! rsrsrs Sou completamente apaixonada pela Poppy Wyatt e por Sam Roxton e a minha conexão com a Poppy foi tão imediata, me vi tanto nela em tantas situações. A sua personalidade doce, meiga, solidária e igualmente atrapalhada me fez rir durante todo o livro; poucas vezes me diverti tanto ao ler um livro quanto me senti com esta obra.

    Não posso deixar de citar "Como Eu Era Antes de Você". A história é tão forte, tão linda e tão marcante que sempre vou ter um lugarzinho especial no coração para lembrar de Louisa Clark e Will Traynor. Fiquei arrasada ao terminar, pois todo o enredo mexeu demais comigo e aprendi muitas coisas importantes com os dois protagonistas e o quanto a vida pode surpreender e mudar a nossa história em questão de segundos, ou através de um encontro inesperado ou algo que o próprio destino traçou.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados