Resenhas: Quatro Vezes Amor e Um Amor Desastrado - Stephanie Bond

16/07/2015

QUATRO_VEZES_AMOR__1346135271BQuatro Vezes Amor
Kids is a 4 - Letter Word
Sabrina # 1021
Stephanie Bond
Ano: 1998 / Páginas: 123
Idioma: português
Editora: Nova Cultural

Como se soletra a palavra “terror”?
C-R-I-A-N-Ç-A-S!
Lucy Montgomery não tinha nada contra crianças... só não queria tê-las. Assim, quando descobriu-se obrigada a levar três adoráveis monstrinhos ao mais importante compromisso de sua carreira, ela entrou em pânico.
Então ela conheceu o pai das crianças, o encantador viúvo John Sterling, e soube que seus problemas estavam apenas começando. Porque John era o homem que Lucy havia procurado durante toda a vida. Mas, apesar de todos os encantos do pai, Lucy ainda temia os filhos dele.


UM_AMOR_DESASTRADO_1346135978B

Um Amor Desastrado
Wife is a 4 - Letter Word
Sabrina # 1022
Stephanie Bond
Ano: 1998 / Páginas: 127
Idioma: português
Editora: Nova Cultural


Como se soletra desastre?
E-S-P-O-S-A!
Pelo menos, era o que Alan Parish pensava. Ser abandonado no altar o impedira de cometer o maior engano de sua vida. Daquele momento em diante, abraçaria a vida de solteiro... com ou sem esposa. Pamela Kaminski, a melhor amiga de sua ex-noiva apareceu para confortá-lo e acabou com ele no avião. Mas tomou o cuidado de deixar bem claro que jamais poderia haver algo entre eles. Pam era a honestidade, a vivacidade e a exuberância. Ele era a discrição, o conservadorismo e a sofisticação com a vida de solteiro. Então, como a falsa lua-de-mel se tornou verdadeira?



Quatro Vezes Amor


Aiinnn que fofo!!
Eu já tinha lido esse livro muitos anos atras, quando ainda era rata de sebo e todo mês saia de lá com uma sacolada de livrinhos! Lia tudo tão rápido que nem aproveitava direito as histórias. Foi bom pegar o livro de novo para ler com calma.
Com calma em termos, porque dá pra ler o livro inteiro em uma sentada só.
Lucy é uma decoradora de interiores, e em uma visita a um cliente, salva a babá das crianças de um ataque de índios munidos com balões de água. A pobre babá sai dali correndo o mais rápido que suas pernas permitem e deixa a mocinha sozinha com três pestinhas das pior espécie. Sabe aqueles livrinhos onde as crianças são coadjuvantes e são tão boazinhas e educadas que você até duvida que isso exista? Então, isso não acontece na história. As crianças tomam conta, gritam, esperneiam, aprontam e tocam fogo na escola.
O pobre mocinho viúvo não sabe mais o que fazer com a situação e fica agradecidíssimo quando a Lucy aparece e toma conta da situação, apesar dela frisar que não entende nada de crianças, e que já tem um noivo, o Alan (aliás tem o livro dele, Sabrina 1022), mas isso realmente não parece importar muito para o John e seus monstrinhos, isto é, filhos. Eles estão decididos que vão ficar com a Lucy e ponto final!
Prepare-se para uma leitura com muitas traquinagens e romance!


Um Amor Desastrado


O Alan não foi meu personagem preferido em "Quatro vezes amor" e até fiquei feliz quando ele foi largado no altar. Não que tivesse feito algo ruim para merecer isso, apenas foi meio babaca e sem-noção.
Mas se ele tinha algum pecado para ser pago do livro anterior, a Pam (melhor amiga e madrinha da mocinha do livro anterior) se encarregou de cobrar a divida com juros compatíveis ao do cartão de crédito. Ela vai "salvar" o mocinho depois do fiasco do casamento, os dois se embebedam, partem para a lua de mel sem malas, ela vomita no coitado a viagem inteira, o carro quebra, eles se perdem, vão parar num hotel que é uma espelunca, tem vizinhos nudistas, ele é preso, apanha, é preso de novo. E quando você acha que já tá bom, a dupla dá um jeito de se meter em mais alguma confusão!
Fiquei com dó! Homem algum, por mais babaca que seja, merece a Pam. Pior que ela nem apronta dessas por querer, é apenas um talento natural para arrumar encrenca.


Cris Paiva


Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Leticia Ramos de Mello Oliveira17 de julho de 2015 13:18

    Já tinha lido sobre esses livros no Romances in Pink (Cris, me lembro que você fazia parte de lá!) e ele pegaram logo minha atenção por serem muito divertido e engraçados, verdadeiras comédias românticas em meio a tantos romances difíceis de sair do zero a zero da maioria dos romances de banca. Dá realmente vontade de ler e rir, mesmo que em voz alta no meio do publico.
    A capa de Um amor desastrado me fez pensar que é o Alan o desastrado da história, mas com a sua resenha, vi que a capa me enganou (Também porque a capa é diferente da versão americana!).
    Vou ver se no Estante Virtual há alguma edição desse livros dando sopa para poder comprar!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris ou Elis.

    Estou rindo até agora; o melhora desta resenha foi:
    ******Como se soletra a palavra “terror”?
    C-R-I-A-N-Ç-A-S!

    ******Como se soletra desastre?
    E-S-P-O-S-A!

    Esta 1ª frase tenho que confessar, ultimamente estou concordando com tal fato; crianças são bênçãos de DEUS, mas hoje em dia até parece que ao invés de ficarem 9 meses no útero, passam 9 meses na escola preparatória de traquinagem, bagunça. Agora a 2ª frase, infelizmente em algum aspecto da nossa vida atuamos de tal forma (mesmo que seja 10 segundos kkkkk).
    Estou super curiosa para lê-los.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Só li Um Amor Desastrado e como ri hahahahahahaha
    A partir do momento que colocam os pezinhos no avião, tudo dá errado pro Alan e por uma semana ele comeu o pão que o diabo amassou com o rabo! Coitado, Pam foi a famosa "chave de cadeia"!

    ResponderExcluir
  4. Livros de banca me ajudaram num momento bastante difícil da minha vida e hoje se tornaram minha paixão, eles são presença constante e predominante na minha coleção de livros.
    Ainda não li nenhum desses dois livros, mas como gosto e me divirto com histórias com crianças que são um terror, vou anotar a dica de Quatro vezes o Amor. Em relação ao segundo livro - coitado do Alan!! - com certeza se eu ler o primeiro vou ficar curiosa pra ler Um Amor desastrado.
    Obrigada pelas dicas!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Olaa
    Awwwn faz tempo que nao leio esses livros romances beeeem cliches (que lembram ate aqueles filmes de sessao da tarde kkkk ) mas que eu, como boa admiradora de cliches, fica mega envolvida e achando tudo fofo
    Adorei as resenhas *-* dos dois!!

    ResponderExcluir
  6. Amei o Quatro vezes amor, já quero! rsrsrs
    Amooo livros com crianças!!! Parece ser tãooo divertidos!!!
    Li só os da coleção vaga-lume (muito amor envolvido), e amei, só que as crianças são inteligentes demais, pequenas e já são detetives kkkkkkk
    vou procurar esse agora!!
    agora o outro do Alan, não curti.
    bjooos

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados