Resenha: Lua Negra Sobre Westminster - Ben Aaronovitch

10/06/2015

LUA_NEGRA_SOBRE_WESTMINSTER__1388754444B

Lua Negra Sobre Westminster
Enigmas de Londres - Livro 02
Ben Aaronovitch
Ano: 2014 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Fantasy Casa da Palavra




O bem-humorado mago Peter Grant, policial de casos sobrenaturais, está de volta para desvendar um mistério surpreendente.


Dessa vez, Peter deve visitar boates clandestinas e shows de jazz em Westminster, uma região boêmia, para descobrir o enigma da morte repentina de um saxofonista – que é mais um caso entre vários nos arredores. O que seria rotina para qualquer policial de Londres, para um mago investigador é um turbilhão de informações e pistas. É o que os bruxos chamam de investigação criminal com vestigia, em que ambientes e pessoas de eventos passados deixam cheiros, músicas e sensações.


Com a ajuda do inspetor Nightingale e a equipe da perícia de Londres, Peter vai descobrir que a ameaça mágica ao mundo da música o leva direto ao próprio pai, um brilhante ex-saxofonista. Ao som da quase onipresente música jazz “Body and Soul”, Peter, ainda no começo de seu aprendizado de mago, vai descobrindo o terror e a sobrevida que o submundo de Londres esconde.


E a descoberta promete revelar segredos que o fazem desconfiar de sua motivação: a vingança.




Vampiros do Jazz!!


Uma coisa que não gostei: o titulo não tem nada a ver com a história, “Lua negra sobre Westminster”. Os títulos da série são todos sobre bairros de Londres onde se passam a história, no caso a historia se passa no Soho, um bairro conhecido por suas casas de jazz. Deviam ter pelo menos mantido o bairro original do título “Moon over Soho”, e não enfiado um que nem sequer foi citado na trama.


Peter Grant, agora um pouco mais esperto, está as voltas com mais um mistério com um pezinho no lado oculto. Músicos de jazz começam a aparecer mortos, aparentemente por causas naturais, como enfarto, falência de orgãos e outras doenças tipicas de idosos. O problema é que eles são relativamento novos... e parecem ter sido sugados de sua força vital! E os crimes deixam todos um certo “Vestigia” musical de Jazz dos anos 40. Bom, pelo menos podemos dizer que quem está atacando os músicos tem bom gosto para música. (Por outro lado, é uma pena... esses vampiros bem que podiam atacar funkeiros, pagodeiros e cantores de arrocha sertanejo. Aí sim, eu ia ver vantagem!)


Uma peninha que o Nightingale não aparece muito na história, mas a amiga do Peter que foi atacada pelo fantasma maluco do livro anterior dá uma ajudinha nas investigações e até a família dele faz umas pontinhas, principalmente o pai, que é músico de Jazz e dá uma assessoria por fora.


Mas o livro não gira unicamente em torno dos vampiros sugadores de músicos, ainda tem outros mistérios. Como uma espécie desconhecida que tem atacado e decepado penises alheios durante o ato! Uma vagina com dentes, credo!!!! Isso é para ensinar certas pessoas a não enfiarem o dedo e outras coisas onde não são chamadas. Eca!


Achou pouco? Ainda tem muito mais coisa estranha que acontece no livro e o aparecimento de um vilão que faz coisas horrendas e que desconfio que vai tumultuar as coisas nos próximos livros da série. Só espero que a editora continue publicando, senão vou ficar muito chateada.


Cris Paiva


Série Enigmas de Londres

Espíritos do Tâmisa – Midnight Riot (Peter Grant, #1) < Leia a resenha >
Lua Negra Sobre Westminster – Moon Over Soho (Peter Grant, #2)
Whispers Under Ground (Peter Grant, #3)
Broken Homes (Peter Grant, #4)
Foxglove Summer (Peter Grant, #5)
The Home Crowd Advantage (Peter Grant, #5.5)
The Hanging Tree (Peter Grant, #6)

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

7 comentários :

  1. Concordo com você em relação ao título do livro, poderiam ter escolhido outro...
    Alguns detalhes dessa história parecem bizarras, né!? Mas achei interessante a forma de investigação criminal chamada vestigia.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Adorei a sua resenha e concordo em relação ao título; poderia ter criado outro, mas enfim, a história parece ser legal e eu nunca li um livro que tem vampiros kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Cris, não deu pra levar essa resenha a sério depois do trecho: "Como uma espécie desconhecida que tem atacado e decepado penises alheios durante o ato! Uma vagina com dentes, credo!!!! Isso é para ensinar certas pessoas a não enfiarem o dedo e outras coisas onde não são chamadas. Eca!" hahahahahaha
    Gostei bastante do primeiro - li depois de acompanhar sua resenha - e pretendo ler este tbm.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Livros com temática sobrenatural não me atraem muito. Prefiro livros mais reais, mais próximos da realidade. Dificilmente lerei esse livro

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  5. Engraçado, eu não gostei tanto dessa série.

    ResponderExcluir
  6. Vampiros sugadores de rockeiros kkkkk vagina com dentes kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Morri!!!
    PRECISO DESSE LIVRO AGORA!!!
    Parece ser bem engraçado, com uma escrita e ideia bem inusitadas, hein!!!
    Gente, que isso! Amei! rsrsrs
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Uma história que mistura criaturas sobrenaturais com mistério e investigação com certeza seria mais do que recomendado para uma leitora como eu. Sou completamente apaixonada por ambos os gêneros, e eles juntos é ainda melhor! Vou procurar mais informações sobre o livro!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados