Resenha: Folha de Carvalho - John Flanagan

24/06/2015

RANGERS__ORDEM_DOS_ARQUEIROS__4_1249596829B

Folha de Carvalho
Rangers: Ordem dos Arqueiros # 4
John Flanagan
Ano: 2009 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Fundamento




A chegada da primavera começa a derreter a grossa camada de neve do inverno escandinavo. Depois de semanas de muito frio e comida escassa, Will e Evanlyn vislumbram a primeira chance de continuar com sua fuga. Mas Evanlyn é capturada por um misterioso cavaleiro.


Quando Will parte em busca da jovem princesa, reencontra Halt e Horace. Juntos, eles descobrem os planos dos temujai, um povo guerreiro das Estepes do Leste, que havia reunido um poderoso exército invasor no intuito de dominar a Escandinávia. Halt percebe que a invasão do reino gelado representa somente o início da investida dos temujai, que, certamente, logo se lançariam contra Araluen. Por isso, ele decide oferecer ajuda aos escandinavos.


Assim, resgatar Evanlyn passa a ser apenas o primeiro desafio no caminho de Will. O segundo, muito mais doloroso e imprevisível, será lutar lado a lado com os escandinavos, o povo que o escravizou, a fim de impedir a ascensão de um inimigo comum.


Seria Ragnak, líder do povo escandinavo, capaz de deixar seu ódio de lado e aceitar o auxílio de arqueiros araluenses? Quais consequências uma aliança como essa pode trazer?




Oi gente,


Eu sou completamente apaixonada por essa série. Amo o jeito como o John Flanagan conta as aventuras de Will e seus amigos.


Depois de sofrer com a situação em Terra de Gelo (Livro 3), eu esperava desse livro algo mais parecido com uma revanche por tudo o que eles sofreram, mas para minha surpresa, Will e seus amigos ajudam os escandinavos a lutarem contra os Temujai. A lógica de Halt em ajuda-los faz todo o sentido, mas nem por isso tornam as coisas mais fácies. Achei legal a história tomar esse rumo, foi uma grande lição para Will, Evanlyn e Horace.


As cenas da batalha foram maravilhosas, havia sim o risco de morte e foi bastante violenta, porém o autor soube expressar muito bem a ferocidade sem ficar grotesco. Eu fiquei alucinada, não conseguia parar de ler. O livro é emocionante e ágil, com ensinamentos e diversão nas medidas certas.


No final do livro, fiquei preocupada com o relacionamento entre Will, Horace e Evanlyn, mais um motivo para ler logo o próximo.


assinatura

Rangers: A Ordem dos Arqueiros

#01 As Ruínas de Gorlan (The Ruins of Gorlan) – Leia a resenha
#02 Ponte Em Chamas (The Burning Bridge) – Leia a resenha
#03 Terra do Gelo (The Icebound Land) – Leia a resenha
#04 Folha de Carvalho (The Battle for Skandia)
#05 O Feiticeiro do Norte (The Sorcerer of the North)
#06 Cerco a Macindaw (The Siege of Macindaw)
#07 Resgate de Erak (Erak’s Ransom)
#08 Reis de Clonmel (The Kings of Clonmel)
#09 Halt em perigo (Halt’s Peril)
#10 Imperador de Nihon-Ja (The Emperor of Nihon-Ja)
#11 Histórias Perdidas (The Lost Stories)
#12 Arqueiro do Rei (The Royal Ranger)

#11.5 (Death of a Hero)

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Oi, Elis!
    Situação difícil a do Will, ter que lutar lado a lado com o povo que o escravizou, mas achei interessante esse rumo que a história tomou... Gosto de cenas de batalhas, não é todo escritor que sabe descrevê-las tão bem.
    Fiquei curiosa em relação ao final, espero ansiosa pela próxima resenha dessa série!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. To adorando sua empolgação com a série e, consequentemente, estou ficando empolgada tbm, mas a quantidade de livros de desanima. Will é a versão masculina da Maria do Bairro... como sofre!!! E a situação vai ficando cada vez mais difícil pq agora precisa lutar lado a lado com o inimigo.

    ResponderExcluir
  3. Danielle Demarchi29 de junho de 2015 11:44

    Seus elogios para essa série me deixaram curiosa para saber mais sobre a história e os personagens, pois parece ser uma trama cheia de batalhas. Achei bem legal os personagens terem deixado a vingança momentaneamente de lado para ajudar os inimigos a lutarem contra uma ameaça maior, pois essa aliança improvável deve ter gerado muitos conflitos e amadurecimento, o que deixa a história ainda mais interessante.

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar dessa série, acredita?
    Mas gostei muito da premissa, vou marcar aqui, e procurar mais sobre em breve.
    Amooooo série, mas ainda tenho que terminar as que comecei (váriaaaaaas).
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Leticia Ramos de Mello Oliveira30 de junho de 2015 19:56

    Olá, Elis!

    Gostei da reviravolta de os arqueiros se tornarem aliados dos escandinavos. E isso num mundo em que ainda se acredita no olho por olho, dente por dente.
    E agora que os heróis se reúnem, tudo fica melhor, mas isso não quer dizer que fica menos perigoso.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Sou apaixonada por essa série e pela forma como o autor apresenta a história para os leitores. Gosto muito das surpresas que ele coloca nos livros, quando a gente tem certeza que vai acontecer uma coisa ele destrói as nossas expectativas e cria situações ainda mais positivas e curiosa do que as que imaginamos. Sem falar que as capas são lindas!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados