Resenha: Chantel - Nora Roberts

18/06/2015

CHANTEL__1396704434B

Chantel
Os O'Hurley 3/4
Nora Roberts
Ano: 2009 / Páginas: 308
Idioma: português
Editora: Harlequin




Remorsos. Até as estrelas de cinema os têm. Chantel O’Hurley estava longe de sua família, vivendo solitária em uma mansão vazia. Ao começar a receber ameaças, sentiu-se desprotegida. Certamente, ela poderia contar com a presença do investigador particular Quinn Doran. Ele parecia ter sido lapidado da pedra mais dura, tornando-o indestrutível.


Apesar da rigidez, havia uma promessa de proteção em seu olhar. Entretanto, Chantel seria capaz de fazê-lo permanecer?




Fiquei muito curiosa com relação a Chantel por causa dos primeiros livros, tudo dava a entender que ela é destemida e forte. Somente uma situação extrema a faria pedir ajuda. Queria muito ver como ela lidaria com o amor e óbvio, com o Quinn.


Não esperava muito da situação perigosa em si. Era somente questão de tempo aparecer quem era o maluco e a verdade é que nem me preocupei em desvendar o mistério, já que para mim era secundário.


As interações entre Chantel e Quinn me agarraram logo de cara. É sempre estranho ver dois teimosos tentando ficar juntos. Prestando atenção aos detalhes você percebe como os temores e crenças sempre atrapalham.


Gostei do jeito dela, admito que a descrição nos outros livros me deixou curiosa sim, mas ao mesmo tempo duvidando que o amor deles me convencesse. Só que o lado que ela esconde dos outros e que só mostra um pouco para a família, a torna muito especial.


Engraçado foi que o Quinn nunca me enganou, toda aquela pose no começo do livro só me fez pensar em como iria ser legal ver aquele homem durão, apaixonadíssimo.


Amei como a Nora retratou o dia de uma atriz e fiquei pensando nas pesquisas que ela deve ter feito para ficar tão bom.


Nesse é possível se ter uma ideia mais clara sobre o afastamento de Trace, já que Frank (meu papai O'Hurley adorado) deixa transparecer a mágoa. Esse livro dele promete.


assinatura

Os O’Hurley

#1 – Abigail – The Last Honest Woman < Leia a resenha >
#2 – Maddy – Dance to the Piper < Leia a resenha >
#3 – Chantel – Skin Deep
#4 – Trace – Without A Trace

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Nunca li nenhum livro da Nora, mais são muitos comentários positivos.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Elis!
    Mocinha em apuros e mocinho contratado para ajudá-lá? Já quero ler, é um dos meus enredos favoritos, sem falar que é da Nora! Fiquei curiosa pra saber como a Nora retratou sobre o mundo artístico. Valeu pela dica!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Gosto da Nora, apesar de achar algumas de suas histórias bem parecidas com outras. Mas mulher forte é uma constante e posso imaginar como deve ter sido difícil pra Chantel pedir ajuda.

    ResponderExcluir
  4. Nunca li Nora Roberts também =(
    To bem interessada em ler o quarteto das Noivas e aquele livro Segredos que me indicaram.
    Mas gostei bastante desse, pela sua resenha, os personagens parecem ser encantadores, com personalidade fortes e bem trabalhadas.
    Por ser uma estrela de cinema, deve ser mais legal né? Amo ler sobre famosos, assim a gente conhece e entra mais nesse mundo brilhante e fechado que é a fama.
    Já vou marcar aqui na minha listinha,rs
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Leticia Ramos de Mello Oliveira30 de junho de 2015 19:17

    Olá, Elis!

    Me lembro que a Chantel tem uma ponta em um dos livros da série O reino de Cordina. Mais exatamente em O Príncipe Playboy. E como essa série foi escrita antes dos O'Hurley, também deve ter esse lance da Chantel se mostrar uma coisa para o público e outra para que é intimo para ela.
    E como tramas que envolvem alguém protegendo alguém são bem envolventes, é obvio que a Nora conseguiu encantar a gente de novo.
    Ah, Trace é o livro que na nova impressão ficou com uma capa de tirar o fôlego, mesmo não tendo o papai O'Hurley na trama. Falo isso porque eu tenho esse livro.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Os elementos inusitados que a Nora consegue colocar nos seus livros me deixam extremamente intrigada. A autora faz seus títulos diferentes de muitos que nós acostumamos a ver do mesmo gênero. Com relação a este, fiquei muito interessada em desvendar o mistério, e com certeza, diferente do que aconteceu pra ti, seria prioridade na minha leitura!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados