Resenha: Aura Negra - Richelle Mead

10/06/2015

AURA_NEGRA_1267840280B

 

Aura Negra
Academia de Vampiros # 02
Richelle Mead
Ano: 2010 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Nova Fronteira




A Escola São Vladimir está em alerta após um ataque dos sanguináreos Strigoi. Os Guardiões admirados por suas habilidades e seus grandes feitos, se preparam para entrar em ação. A escola envia seus alunos para um hotel de luxo e bem protegido, porém um imprevisto obriga Rose a deixar a segurança de seu lar e impedir que o pior aconteça. Apenas quando a vida de seus amigos está por um fio é que a heroína descobrirá força dentro de si.




"A propósito, meu nome é Rose Hathaway. Eu tenho dezessete anos, estou treinando para proteger e matar vampiros, sou apaixonada por um cara totalmente inadequado, e a minha melhor amiga possui estranhos poderes mágicos que podem leva-la à loucura. Mas, espere aí, ninguém disse que a vida é fácil para uma aluna do ensino médio." [pág.10]


E lá vamos nós a mais uma etapa da nada mole vida de Rose e Lissa.
As duas entraram no ritmo de St. Vladimir, Rose e seu treinamento para ser uma Guardiã e Lissa, bem essa é aquele não fede e não cheira de sempre, o relacionamento com Christian tira um pouco da chatice aleluia. Só que, o que antes era uma luta contra os Strigoi no estilo lenda urbana, agora virou guerra. Ataques são feitos com mais elaboração, e ao que parece eles tem um objetivo a cumprir e os Guardiões precisam reagir.


No primeiro livro, por mais que as coisas fossem um ataque direto a Lissa e o que ela é capaz de fazer, as coisas só andavam porque a Rose reagia aos eventos. A vida da Rose em si não era o foco, mas suas reações sim e como os outros lidavam com o que ela fazia.


Nesse livro senti as coisas mais focadas na Rose, seu não-relacionamento com Dimitri, seu não-relacionamento com o Mason... Seu ressentimento com a mãe. A Lissa fica mais em segundo plano, o namoro dela acaba afastando um pouco as duas, esse lado da história não ficar estagnado, Lissa vai vivendo a vida dela.
Acho isso legal na escrita da Richelle Mead. Ela não se esquece das situações já criadas, nem dos personagens, vai evoluindo a partir daí, trazendo mais personagens e mais eventos "coringas". Tudo gira como uma máquina bem calibrada.


Mason é o destaque do livro, ele faz tudo que a Rose queria fazer mas não pode porque tem o Dimitri como seu "grilo falante". Por falar nele, Dimitri ainda não me conquistou, ele é legal e cuida bem da Rose, é totalmente claro o quanto ele gosta dela e do jeito dela, óbvio que como instrutor está sempre com alguma lição, com sermões e frases feitas... Humm, acho que foi por isso que ele não me pegou de jeito, acho totalmente sem noção, um jovem falar como se tivesse 100 anos.


Fora que a amizade dele com a Tasha causa muita dor na Rose. Não ter é uma coisa, mas ver outra pessoa tendo é muito diferente. Ah, e Adrian é um personagem charmoso, parece que veio a vida a passeio, se liga logo em Rose lógico, e tendo o mesmo elemento mágico que Lissa, podemos perceber que tem potencial na história.


A sequência de eventos vai levando a um final bastante previsível, mas a dona Richelle resolveu que deveria ter mais drama, então Rose passa por situações extremas e de um sofrimento muito grande. Isso acaba a elevando a um novo nível de amadurecimento. E como tudo que acontece envolvendo a Rose, todos a sua volta são diretamente afetados.


A história me pegou de jeito, continuo odiando mortalmente o "primeira pessoa" e nunca vou me cansar de dizer, adoraria saber mais sobre o Dimitri e a mãe da Rose. Esses foram os personagens que mais me chamaram a atenção nesse livro. Dimitri porque eu ficava sempre esperando algo a mais e Janine porque essa relação ou não-relação com a Rose é intigrante. Mas não posso saber mais sobre eles porque tudo passa pela "mente" da Rose, então só temos que trabalhar com o que ela sabe. O que é irritante!


Mas ainda tem história pela frente porque a série tem seis livros, muita água vai rolar debaixo dessa ponte. Depois conto como foi Tocada pelas sombras!




Série Academia de Vampiros

Kisses from Hell (Vampire Academy, #0.5)
O beijo das sombras – Vampire Academy (Vampire Academy, #1) < Leia a resenha >
The Meeting (Vampire Academy, #1.1)
Aura negra – Frostbite (Vampire Academy, #2)
Tocada pelas sombras – Shadow Kiss (Vampire Academy, #3)
Promessa de sangue – Blood Promise (Vampire Academy, #4)
Laços do espírito – Spirit Bound (Vampire Academy, #5)
Último Sacrifício – Last Sacrifice (Vampire Academy, #6)

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Oi, Elis!
    Sempre quis ler Academia de vampiros, mas o tempo passa e eu vou colocando outros livros na frente dessa série... Nunca li nenhum livro da Richelle, mas gostei de saber como é a forma de escrita dela. Concordo plenamente com você, acho a narração em primeira pessoa irritante onde tudo vai acontecendo aos poucos, e quando o personagem fica sempre na escuridão então, haja paciência!!
    Ansiosa pra saber o que você achou de Tocada pelas sombras.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Tenho muita vontade de ler essa série, curto muito história com vampiros, porem minha lista de leituras está enorme e por enquanto estou fugindo de séries longas.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nada da Academia de Vampiros, mas parece super legal! Dica devidamente anotada!

    ResponderExcluir
  4. Não acompanho a série, mas assisti ao filme e até que gostei, mas não instigou meu interesse por acompanhar os livros. Não foi fácil entender o nome de cada classe vampírica e o que fazem. Mas espero que venham outros filmes.

    ResponderExcluir
  5. Já comecei a ler o primeiro de AV mas nunca termino.
    As capas são lindas, e as premissas e resenhas também são ótimas,
    mas sei láa, gente, eu não consigo seguir em frente com os livros!
    Não me atrai kkkk
    mas quero terminar o primeiro que seja ainda esse não (Se Deus quiser!!!)
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Sou apaixonada pelos vampiros, e por conta disso tenho uma fascinação por qualquer livro no qual eles apareçam. Imagine então uma série onde essas criaturas são as protagonistas? Seria um prato cheio para mim, como fã. Felizmente meu namorado me conhece muito bem e me deu o box com a saga completa, e por isso só me falta encontrar um tempinho para começar a leitura.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados