Resenha: Um mais um - Jojo Moyes

08/05/2015

UM_MAIS_UM_1420727983430500SK1420727983B

Um Mais Um
Jojo Moyes
Ano: 2015 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora: Intrínseca




Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou. Fazendo faxinas de manhã e trabalhando como garçonete em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno prodígio da matemática, tem outro problema: ela acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá?
Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de veraneio por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã — que insiste em que ele vá visitar o pai doente — Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio.
Começa então uma viagem repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de uma história de amor entre uma mãe solteira falida e um geek milionário.



 


A vida de Jess anda complicada, seu ex-marido não ajuda com as contas, seu enteado está sofrendo bullying na escola, sua filha é um gênio na matemática com uma chance de estudar em uma escola de elite que é super cara e seus dois empregos não estão sendo suficientes para sustentar seus filhos e a casa.


A vida de Ed anda complicada, começou a namorar uma antiga paixão dos tempos da escola que se revelou uma tremenda chata. Para se livrar dela acaba colocando sua empresa e sua liberdade em risco. Além dos advogados, sua irmã também está na sua cola, seu pai está doente e ela exige que ele vá visitá-lo.


Jess limpa a casa de Ed regulamente e uma noite ele vai ao pub que ela trabalha e se embebeda. Assim essas duas vidas complicadas se misturam em uma viagem à Escócia, onde Tanzie, filha de Jess, terá a oportunidade de estudar na sua escola de sonho se vencer a olimpíada de matemática.


Eu ainda não tinha lido nada da autora apesar das inúmeras recomendações. Mas não consegui resistir a ler a história de uma mulher que luta como uma leoa por seus filhos, que se envolve com um geek milionário rabugento que está em maus lençóis.


A história tem um pouco de drama, de humor, de contos de fadas, de vida real, de otimismo, de pessimismo... Jojo vai contando como Jess e Ed chegaram àquele ponto e como lidam com tudo que vai acontecendo. Jess acaba influenciando Ed, ele influencia Nicky... Os quatro viajantes, junto com o cão Norman, vão se completando até se tornarem uma família, mesmo que nenhum deles admita.


Eu não consegui largar o livro, foi emocionante demais conviver com esses personagens fantásticos. Durante toda a trajetória, que é narrada alternadamente por Jess, Ed, Nicky e Tanzie, eu queria que tudo desse certo para eles e mesmo quando coisas ruins aconteciam, nada abalava minha fé que essa família criada no meio do caos iria ter seu final feliz.


Uma história para aquecer o coração em meio a risadas e algumas lágrimas.


assinatura

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

7 comentários :

  1. Ja ouvi muito se falar desta autora e tenho o outro livro dela, mas não sei se vou ler tão cedo pois parece ser bem triste..e não ando para livros tão tristes..
    Mas este parece ser um livro com drama, mas não tão dramatico rs,
    quero ler a historia desta mulher forte, e saber como termina o livro,
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. Estou doida pra ler esse livro, gosto muito da escrita da Jojo Moyes, é ótima e cada resenha que vejo desse livro me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nada da autora, mas acompanho as resenhas e na maioria são positivas. Elogiam muito a escrita da autora e tal. Eu gosto de livro assim, com tudo na medida: situações engraçadas ou tristes, tensas ou pra refletir.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Livros que tem personagens femininas fortes e guerreiras são conquistadores mesmo, mas achei essa trama meio morna. Casais que não se dão muito bem, implicam um com o outro já não me conquistam mais. Percebi que a vida dos dois é um pouco uma loucura, ela se encontra sozinha para criar duas crianças e se esforçando o máximo para que a filha chegue onde quer chegar e ele vive em fuga rsrs.

    ResponderExcluir
  5. Os livros da Jojo sempre são muito elogiados na blogosfera, e esse não foi diferente. Eu não achei a capa espetacular, mas acho que o conteúdo compensa esse detalhe. A história me parece emanar uma aura de leveza e divertimento que eu curto muito, e isso parece passar aos personagens, além da trama ser fofa e muito gostosa de acompanhar.

    ResponderExcluir
  6. Danielle Demarchi31 de maio de 2015 14:06

    Ainda não li nenhum livro da Jojo Moyes, mas pretendo ler "Um mais um" em breve e espero gostar tanto quanto você. Acompanhar a viagem de uma família com problemas financeiros, incluindo até um cachorro, e um geek milionário em apuros não tem como não ser divertido e, como a autora é bem conhecida pelo drama em seus livros, não tenho dúvidas de que a leitura vai gerar não só risadas, mas também lágrimas. Enfim, estou bem ansiosa para ler!

    ResponderExcluir
  7. Leticia Ramos de Mello Oliveira31 de maio de 2015 18:27

    Olá, Elis!

    Quando você pensa em uma família se unido para ir a algo importante que a filha vai fazer, você pensa em Pequena Miss Sunshine e em toda aquela maluquice que a família do filme passa, mas em Um mais Um temos essa união familiar mas sem as loucuras que ocorriam durante o filme. O que vemos na viagem para levar a Tanzie ao campeonato na Escócia é uma nova família sendo criada, na alegria e na tristeza, assim com os casais prometem na cerimônia de casamento, só que sem a cerimônia.
    Ainda não li nenhum livro da Jojo, mas esse, junto com A última carta de amor me despertam um certo interesse.

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados