Resenha: True - Erin McCarthy

05/05/2015

TRUE_1421436056431758SK1421436056B


True
True # 1
Erin McCarthy
Ano: 2015 / Páginas: 266
Idioma: português
Editora: Verus




Quando as colegas de quarto de Rory descobrem que a tímida e estudiosa garota nunca passou uma noite com um homem, decidem que vão ajudá-la a perder a virgindade contratando o confiante e tatuado Tyler para fazer o serviço, porém sem o conhecimento dela. Tyler sabe que não é bom o bastante para Rory. Ela é brilhante, enquanto ele está lutando para se formar na faculdade e conseguir um emprego, para, então, poder tirar seus irmãos mais novos da mãe drogada. Mas ele acaba aceitando a proposta, pelo menos como uma oportunidade de conhecer Rory melhor. Há algo nela que o intriga e o faz querer ficar por perto — mesmo sabendo que não deveria.


Divididos entre o bom senso e o desejo, os dois se veem envolvidos em uma relação apaixonada. Mas, quando a família desajustada de Tyler ameaça destruir seu futuro — assim como o dela — Rory precisa decidir se vai cortar os laços com o perigoso mundo do namorado ou se vai seguir seu coração, não importa o preço a pagar.



Olá!


Confira a resenha do livro True, da autora Erin McCarthy. É um New Adult, e faz parte da série true ( True Belivers).


Rory é uma nerd que estuda medicina e divide o dormitório com duas outras garotas Jessica e a Kylie, que são bem diferentes dela, mas o trio é muito amigo, inseparável.


Tyler salva Rory de uma situação horrível e eles se tornam amigos. Ela passa a receber atenção de Tyler,  e para ela é inusitado ser alvo de atenção.


“Quando as colegas de quarto de Rory descobrem que a tímida e estudiosa garota nunca passou uma noite com um homem, decidem que vão ajudá-la a perder a virgindade contratando o confiante e tatuado Tyler para fazer o serviço, porém sem o conhecimento dela. Tyler sabe que não é bom o bastante para Rory.”


Claro que suas amigas ficam animadas com isso e ao saberem que Rory ainda é virgem, incentivam a amizade. E Jessica deixa claro para Rory que não tem mais nada com Tyler.


E assim ela vai descobrindo que o cara bonito e com fama de bad boy, não é bem assim. Ele e o irmão mais velho cuidam de dois irmãos, tem uma mãe viciada e o pai na cadeia. E ainda assim ele trabalha, estuda, tudo para manter a segurança dos irmãos e tentar algo melhor na vida.


Como proteger o coração de um garoto que é muito mais que um quadro bonito de se ver? A doce e inteligente Rory não é igual as protagonistas dos outros livros do gênero, por ser lógica e racional, ela não fica com “mi mi mi” e nem é tão retraída. Ela é mais fechada por conta de ter perdido a mãe cedo e ser criada pelo pai nerd.


Mas claro que as coisas não são mornas, reviravoltas acontecem e na narrativa não há enrolação. A autora vai direto ao ponto. Mas isso não quer dizer que não sofreremos junto e a ansiedade vai tomar conta.


Um livro muito fofo, agradável e rápido de se ler.  Aguardo ansiosa os próximos livros para saber mais detalhes sobre tudo e os desdobramentos que em True ainda não houveram.


Capa é uma graça e a diagramação é agradável à leitura. Recomendo


Rosana Gutierrez


Faz parte de uma série – True ( True Believers)

  1. True

  2. Sweet (2013); ( ainda não publicado no Brasil)

  3. Believe (2014); ( ainda não publicado no Brasil)

  4. Shatter (2014). ( ainda não publicado no Brasil)


 

Depois de comentar, preencha:


Formulário

Comente com o Facebook:

9 comentários :

  1. Estou doida pra ler esse livro, parece ser ótimo e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  2. Já li algumas resenha sobre o livro e ele anda bem falado. A história em si parece bem gostosa de se ler.
    Confesso que ainda não me senti ainda motiva a ler ele, além de fazer parte de uma série o que me deixa mais desmotiva ainda. Por enquanto pretendo completar as que estão encalhadas na estante.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ro, Elis, até tenho interesse na serie, mas quero esperar sair os outros volumes, assim leio de uma tacada só.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. A sinopse não tinha me chamado a atenção... não gosto de livros nos quais os personagens principais sejam adolescentes ou estejam na faixa intermediário entre a fase adolescente e adulta. Mas li uma resenha bem legal que me fez mudar de ideia.

    ResponderExcluir
  5. Eu achei o livro muito bom, teve momentos que me deu vontade de entrar nele e bater em alguns personagens rs, mas nada que me deixasse odiando eles.
    nossa eu não sabia que tinha mais livros, achava que era único rs, acho que hoje em dia mais nenhum livro é único..
    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi! Já tinha visto algumas resenhas desse livro. Confesso que não me entusiasmei, parece ser um romance morno e previsível. Por sua vez, o casal não me cativou. Uma moça virgem que as amigas estão loucas para ajudar e um garoto bad boy que tem problemas familiares, não sei se pode tirar algo diferente dessa trama. Mas acho que cairia bem para como uma leitura sem expectativas demais, apenas para relaxar.

    ResponderExcluir
  7. Apesar de achar a capa muito bonita, ainda não consegui encontrar um elemento nesse livro que me faça realmente sentir vontade de conferir a história. Acho que vai ficar por isso mesmo!

    ResponderExcluir
  8. Danielle Demarchi31 de maio de 2015 07:50

    Gostei muito dessa capa, mas não consegui me decidir se realmente quero ler a história pois, ao mesmo tempo em que parece ser uma história cheia de clichês e parecida com outros livros New Adult que já li, gostei do que você disse na resenha sobre não haver enrolação na narrativa e também sobre a protagonista ser lógica e racional. Acho que darei uma chance para a história se tiver a oportunidade de comprar o livro.

    ResponderExcluir
  9. Leticia Ramos de Mello Oliveira31 de maio de 2015 20:17

    Soube que a Erin McCarthy também é autora de romances de banca. Por isso, ela criou um romance YA sem uma garota mimimi, já que ela sabe que muita gente odeia protagonistas com mimimi seja nos YA quanto nos romances mais adultos. O bom é que essa série tem histórias independentes a cada livro, pois o drama não se arrasta, mas você pode ter um pouco do depois do felizes para sempre dos casais nos outros livros.
    Só uma coisa: Pra que armar para fazer uma garota deixar de ser virgem? Se ela quer ser virgem, deixe ela ser, pois cada um tem a sua hora.

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados