Resenha: Terra do Gelo - John Flanagan

14/05/2015

TERRA_DO_GELO__1260748105B

Terra do Gelo
Rangers: Ordem dos Arqueiros # 3
John Flanagan
Ano: 2009 / Páginas: 256
Idioma: português
Editora: Fundamento




Forças da natureza podem ser um poderoso oponente para um jovem aprendiz de arqueiro e uma princesa em terras de piratas e mercenários. Por isso, depois de um longo e sombrio inverno, Will e Evanlyn estão diferentes. Eles entenderam que, em toda guerra, há um tempo para lutar e um tempo para aceitar o inevitável.
A Terra do Gelo nunca tinha visto jovens prisioneiros com tanta honra, coragem e companheirismo, mesmo passando por muitas tristezas e humilhações. Nesse pedaço de mundo gelado e hostil, a batalha pela vida é travada com armas feitas de outros materiais: uma forjada no pulsante calor da alma; outra malhada na mais cruel escuridão.
Na corrida pela salvação, Evanlyn mostra seu valor, mas isso pode não ser o suficiente para libertar ela e Will. Por sua vez, Halt e Horace precisam enfrentar falsos cavaleiros e muitos espertalhões na tentativa de resgatar seus amigos. Será que chegarão a tempo?
Duas batalhas pela vida, simultâneas e arriscadas, com uma finalidade só: salvar Will.




Depois da batalha contra Morgarath, Will e Evanlyn são sequestrados por Erak e levados para a Escandinávia. Halt faz uma promessa a Will que iria resgatá-lo.


Com o sequestro, eles se unem para sobreviverem. Na primeira fase, enquanto eles estão a caminho, Will se coloca como protetor dela, mantendo a esperança que conseguiriam fugir.


Em Araluen, Halt vai fazer de tudo para cumprir sua promessa, por mais que doa suas ações, se mantém firme e sai em busca de seu aprendiz. Horace se oferece para ir junto porque quer muito salvar Will.


O livro vai em paralelo contando tanto o que está acontecendo com Will e Evanlyn, quanto com Halt e Horace. Em um primeiro momento eu pensei que o livro viria no mesmo ritmo que os primeiros, o que não é o caso.


Nos primeiros livros conhecemos Will e vemos como ele é corajoso, como suas ações o faz criar vínculos leais com Halt, Horace, Evanlyn e outros. Se torna um herói para o reino e especial para seus amigos.


Com seu sequestro, vemos essa lealdade ser retribuída. Halt arrisca tudo para tentar acha-lo, Horace larga seu treinamento, até o então inimigo Erak se arrisca por ele. Mas o destaque nesse livro é Evanlyn, na segunda fase do sequestro, quando eles se tornam escravos na Escandinávia, ela se torna a protetora de Will. Se esforça até o limite de suas forças para salvá-lo de inimigos silenciosos…


Sofri junto com Will e Evanlyn na terra gelada e me envolvi com as batalhas que Halt e Horace enfrentam em seu caminho.


Mais uma parte dessa longa história que continua a me manter cativa e animada, os personagens já se tornaram especiais para mim e quero me manter assim, completamente envolvida.


assinatura

Rangers: A Ordem dos Arqueiros

#01 As Ruínas de Gorlan (The Ruins of Gorlan) – Leia a resenha
#02 Ponte Em Chamas (The Burning Bridge) - Leia a resenha
#03 Terra do Gelo (The Icebound Land)
#04 Folha de Carvalho (The Battle for Skandia)
#05 O Feiticeiro do Norte (The Sorcerer of the North)
#06 Cerco a Macindaw (The Siege of Macindaw)
#07 Resgate de Erak (Erak’s Ransom)
#08 Reis de Clonmel (The Kings of Clonmel)
#09 Halt em perigo (Halt’s Peril)
#10 Imperador de Nihon-Ja (The Emperor of Nihon-Ja)
#11 Histórias Perdidas (The Lost Stories)
#12 Arqueiro do Rei (The Royal Ranger)

#11.5 (Death of a Hero)

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Oi, Elis!
    Andei meio sumida - a net aqui de casa tava horrível nesses últimos dias - mas estou de volta!
    Não conhecia essa série, mas parece envolvente, gosto de histórias de amizade, lealdade, com personagens cativantes...
    Valeu pela dica!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha visto falar dessa série, parece ser ótima, curto muito esse gênero de hiatória, fiquei bastante interessada em ler.

    ResponderExcluir
  3. Nunca li livros da Fundamento pq, em sua maioria, eram livros didáticos… mas olha a minha cara de surpresa agora!!! Nossa, 12 livros e eu nunca tinha lido/ouvido sobre o autor.
    Adorei a premissa, mas 12 livros achei um tanto exagerado.

    ResponderExcluir
  4. Essa série fantástica está na minha lista de desejados há um bom tempo, mas como ela é um pouco longa fica complicado conseguir todos os livros de uma vez. Eu gosto muito da sinopse, apesar de achar que as capas poderiam ser melhores. Como adoro livros que tenham aventura e ação do início ao fim, acho que iria mergulhar de cabeça nesse enredo.

    ResponderExcluir
  5. Oi! Não conhecia essa série, no início da sinopse pensei que se tratasse de um livro de fantasia, mas agora estou um pouco confusa. Mas o que não se pode negar é que tem batalhas, procura e lealdade. Já senti o quanto os amigos de Will são corajosos e vão a sua procura para liberta-lo. Mas me assustou a quantidade de sequência, talvez isso deixa a história monótona. Mas esse segundo livro parece ser bom.

    ResponderExcluir
  6. Leticia Ramos de Mello Oliveira31 de maio de 2015 11:38

    Olá, Elis!

    Já conhecia essa série porque já vi chamadas sobre ela nos canais Disney Channel e Disney XD (ou seja, eram voltadas para um publico infanto-juvenil) narradas pelo Marcio Seixas, dublador de diversos filmes e séries, entre eles, os filmes de Leslie Nielsen e os filmes de 007 com Sean Connery e Roger Moore como o agente secreto.
    A série é longa e tem uma premissa interessante, mas sofro quando os heróis de uma história estão presos e quem pode ajudar está muito distante deles. Mas se essa situação só ocorrer nesse livro, talvez eu o possa aguentar.

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados