Resenha: O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase

13/05/2015

PRINCIPE_DOS_CANALHAS_1425605374417031SK1425605374B

O Príncipe dos Canalhas
Lord of Scoundrels
Scoundrels #3
Loretta Chase
Ano: 2015 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Arqueiro




Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...


Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.


Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.


Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.




Quando o personagem é um tipo de rejeitado, eu logo me interesso por sua história, então não havia nenhuma outra opção que ler esse livro. Lendo o prólogo, me apaixonei por esse rapazinho feio que foi rejeito pelo pai, abandonado pela mãe e humilhado pelos colegas de escola. Foi impossível não torcer para um final feliz para ele.


Jessica vai à Paris com o intuito de afastar seu irmão da influência do Marquês de Dain, conhecido na cidade por seus excessos, seja na jogatina como nos bordéis sob o apelido Lorde Belzebu. O que ela não esperava era a atração instantânea que sentiria à primeira vista. Ela não é uma dama comum, criada por sua avó, uma senhora belíssima e à frente do seu tempo, chegou aos 27 anos solteira e querendo abrir uma loja. Sebastian admira sua beleza mas é sua personalidade esperta e combativa que o atrai, mesmo tendo jurado que nunca se envolveria com uma dama.


Os dois querem a mesma coisa, ficarem juntos. Mas Dain, que sempre foi torturado por sua aparência, não consegue perceber que Jess está se apaixonando, que o deseja e acaba imaginando que na verdade ela está jogando com ele. Suas reações a cada encontro com ela visa somente magoá-la como uma forma de defesa.


Jess passa por muitas dificuldades para convencer Sebastian que o ama. Ele não consegue acreditar que ela o quer, depois que você lê por tudo que ele passou, não acha que é algum capricho e entende essa dificuldade, mesmo querendo bater nele, o que Jess faz lindamente em uma cena inesquecível.


A trajetória até o final feliz de Sebastian e Jess é refrescante, porque mesmo em meio a um típico conto de fadas, a autora conseguiu nos envolver em uma briga de gato e rato emocionante.


O livro foi uma surpresa ótima, não consegui parar de ler e não queria que acabasse. Personagens tão bons não são fáceis de se acharem e ainda mais se completando tão perfeitamente. Diversão garantida.


assinatura

Série Os Canalhas:

The Lion's Daughter (Scoundrels, #1)
Captives of the Night (Scoundrels, #2)
O príncipe dos canalhas - Lord of Scoundrels (Scoundrels, #3)
The Mad Earl's Bride (Scoundrels, #3.5)
The Last Hellion (Scoundrels, #4)

Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

12 comentários :

  1. Acabei de comprar o meu!!! Eu havia lido a versão traduzida e agora mal vejo a hora de ter o meu feiosão em papel em mãos! Vale muito a pena.

    ResponderExcluir
  2. Bem legal a resenha. Fiquei curiosa para ler o livro. Essa ideia de conseguir trabalhar os clichês de forma a prender a atenção do leitor e os meio que transformar em novidade me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  3. Eu também li a traduzida e umas mil vezes acho :)
    Tão bom ter nas mãos um livro que a gente ama.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Você não vai se arrepender!!

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Estou doida pra ler esse livro, curto muito romance de época e essa resenha me deixou ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  6. AMEI A RESENHA MAIS CURIOSA FIQUEI PARA LER O LIVRO

    ResponderExcluir
  7. Lembro quando um grupo do falecido Orkut traduziu esse livro e foi uma sensação. Ninguém parava de falar em Lord Belzebu e mesmo morreeendo de curiosidade não li pq era e-book... como me arrependo!!!
    Mas finalmente publicaram o livro e poderei Sebastian e Jess ♥

    ResponderExcluir
  8. Bom dia.... Doida para ler esse livro, estão dizendo coisas boas sobre ele. É bom mesmo?
    Mais qual ator e atriz ou modelo vocês escolheriam para fazer os papéis? Gosto de ler imaginando o personagem. rsrsrs

    ResponderExcluir
  9. É maravilhoso. Vale muito a pena a leitura!
    Vixi... Não penso muito em quem poderia visualizar como os personagens. rs

    ResponderExcluir
  10. Oi! Quero muito esse livro, assim que li o título do livro percebi que os personagens seriam diferentes para a época, ela ainda mais, uma mulher liberal não é vista com bons olhos e o mais encantador disso é que ela nem se importa. Ele parece ser um homem irredimível, mas percebi que ela fará com que ele mude, ou melhor, o amor que ele sente por ela. Acho que vou amar a cena que ela bate nele.

    ResponderExcluir
  11. Os romances de época são os meus preferidos nesse gênero, e esse em particular me chamou muita atenção, pela trama original e personagens peculiares. Gostei de saber que ambos os protagonistas tem personalidades fortes, com traços marcantes e pensamento próprio. Esses são os personagens que mais me chamam atenção, e acho que vou curtir ver como o relacionamento dos dois vai se desenvolver.

    ResponderExcluir
  12. Leticia Ramos de Mello Oliveira31 de maio de 2015 13:35

    Olá, Elis!

    Amei saber que esse livro era amado antes mesmo de sair oficialmente no Brasil. Ao ler uma outra resenha desse livro, vi que o problema da aparência do Sebastian tinha a ver com o nariz dele, que era muito grande quando ele era pequenino. Depois de crescer, a aparência dele melhorou naturalmente (já que não existia plástica ainda), mas o trauma do passado continuou. Isso me fez lembrar logo do Gerard Depardieu, pois até hoje costumam fazer piada do tamanho do nariz dele, mesmo com todo o sucesso. Como o Lorde Belzebu vive em Paris, achei essa uma ótima comparação.
    O único problema é que lançaram a série fora de ordem, mas esse livro era tão esperado que eu entendo porque ele cortou a fila.

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados