Resenha: Espíritos do Tâmisa - Ben Aaronovitch

28/05/2015

ENIGMAS_DE_LONDRES_1349317709B

Espíritos do Tâmisa
Enigmas de Londres - Livro 01
Ben Aaronovitch
Ano: 2012 / Páginas: 368
Idioma: português
Editora: Fantasy - Casa da Palavra




Peter Grant tinha tudo para ser apenas mais um jovem guarda da Polícia Metropolitana de Londres. Após um encontro inesperado com um fantasma, contudo, ele é recrutado para uma unidade secreta que lida com a magia e o sobrenatural e torna-se o primeiro aprendiz em 50 anos do inspetor Nightingale, o último mago da Inglaterra.


Peter Grant então precisa imediatamente lidar com dois casos inter-relacionados. No primeiro, ele deve descobrir quem é o espírito vingativo que anda transformando pessoas comuns em assassinos sanguinários. No segundo, aprender a investigar magia, conviver com grupos de vampiros, lidar com trolls e revirar covas pela cidade.


Além, é claro, de negociar uma trégua entre deuses enfurecidos do rio Tâmisa caminhando por aí.


Com uma linguagem ágil e bem-humorada, Bem Aaronovitch narra a história de um detetive que achava o mundo normal, antes de conhecer o poder intenso e surreal da magia por detrás do submundo de Londres. Aclamado por público e crítica em sua estreia como romancista, o autor foi indicado ao Galaxy National Books Awards como "Autor Estreante do Ano", além de escrever roteiros para a série de televisão Doctor Who.




Esses dias eu andava desesperada atras de um livro minimamente interessante, então lembrei que alguém tinha falado bem dessa série e resolvi fazer um teste-drive e ler as primeiras paginas. Bom, eu só parei de ler quando o livro acabou, então posso dizer que a história é boa!!


Mas não se deixe enganar por aquela frase de propaganda na capa onde diz "Harry Potter encontra CSI", não tem nada a ver com HP (a não ser a parte da magia) e CSI passa longe.


Peter Grant, começa a ver fantasmas durante uma abordagem policial e é encaminhado pelo seu superior a um departamento "especial" da policia londrina para casos estranhos, onde ele é apresentado ao oficial-mago Nightingale e descobre que aquela conversinha do Shakespeare sobre o céu e a terra não era só poesia.


Você pode achar que um livro sobre um policial que sai caçando fantasmas malucos em Londres é uma bela porcaria, e é mais um desses livros bestinhas para adolescentes. Mas o autor é também roteirista da série inglesa “Dr. Who”, então por ai você já percebe que a coisa muda ligeiramente de figura. O livro tem aquele típico humor sarcástico britânico, com de referências a Harry Potter (afinal o autor não podia perder a piada), Star Wars, e outras coisinhas de nerds.


Fiquei tão bem impressionada com o aprendiz de mago/policial de origem africana (maior jeitão de Barack Obama) que ja fui atras para ler o segundo livro. E também quero saber quando vai sair o terceiro, quando gosto da série quero ler tudo enfileiradinho.


Cris Paiva


Série Enigmas de Londres


Espíritos do Tâmisa - Midnight Riot (Peter Grant, #1)
Lua Negra Sobre Westminster - Moon Over Soho (Peter Grant, #2)
Whispers Under Ground (Peter Grant, #3)
Broken Homes (Peter Grant, #4)
Foxglove Summer (Peter Grant, #5)
The Home Crowd Advantage (Peter Grant, #5.5)
The Hanging Tree (Peter Grant, #6)



Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Pra mim, o livro já valeu pela frase "O livro tem aquele típico humor sarcástico britânico, com de referências a Harry Potter (afinal o autor não podia perder a piada), Star Wars, e outras coisinhas de nerds." Adoro autores que usem referências atuais em livros. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Como boa fã de policial, eu não desperdiço nenhuma leitura do gênero. Una isso ao sobrenatural e tu tem uma receita completa pra ganhar meu coração. E sério, o cara impõe respeito por ser roteirista de Dr. Who, não poderia esperar coisa ruim saindo daí. Tua menção ao humor sarcástico com vários elementos nerds já me ganhou e eu quero ler essa série pra ontem!

    ResponderExcluir
  3. Leticia Ramos de Mello Oliveira30 de maio de 2015 11:10

    Me lembro que quando li essa frase de chamada na capa, pensei "Adoro CSI, não sou tão fã de Harry Potter (mas tenho o 1º livro) mas adoro uma misturadinha nas coisas, então eu vou gostar muito. Alias, quem canta o tema de CSI também é inglês (A lendária banda The Who), não é?". Mas quando disse que não é bem assim, me lembrei logo de um post sobre as feiras literárias internacionais (Feira de Frankfurt, Salão de Bolonha, etc.) que li no blog da Galera Record. Nela, li que os editores costumam fazer essas loucas associações entre elementos da cultura pop para dar a noção sobre novos livros e sagas literárias, principalmente quando esses livros ainda não estão prontos, para vender os direitos de publicação para outros países. Logo vi, que essa chamada é uma dessas comparações.
    Mas para mim, a associação melhor seria quando Homens de Preto encontra Lei e Ordem e a magia de Harry Potter, já que o modo como o Peter entrou no departamento especial de polícia me lembro o primeiro Homens de Preto, tanto pelo Peter me lembrar o Will Smith, como também, assim como o Will no filme, o Peter começa a ver e lidar como seres diferentes (Aliens em Homens de Preto, seres sobrenaturais em Espíritos do Tâmisa) de uma hora para outra. E também porque as investigações de Lei e Ordem serem mais tradicionais do que as de CSI, já que se baseiam no instinto e na inteligência e não muito em evidencias científicas.
    É uma ótima pedida para quem ama fantasia e algo diferente nos livros desse gênero.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi! Não sei se eu gosto ou não gosto do livro, fiquei em dúvida, amo livros que envolve o mundo sobrenatural, principalmente algo haver com bruxos. Meio estranho essa parte que ele verá mortos quando estará em ação, acho que uma reação normal é tentar fugir, mas parece que ele aceita tudo numa boa. Achei interessante, mas não me atraiu muito.

    ResponderExcluir
  5. Hello!!!
    Nossa, to mega por fora das coisas mesmo, mais uma série que conheci aqui no seu blog e devo dizer que esse me deixou bem animada!
    Ainda mais com esse tanto de livros, o trem é bom mesmo!
    Eu to meio assim tambem querendo encontrar algo diferente pra ler e esse me chamou a atenção.
    Adoro estórias que envolvem sobrenatural e ser for de mistério e investigação eu AMOOO! E outro ponto que me deixou animada é as doses de humor!
    Suspeito que serei fã da série.
    Bjus

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados