Resenha: Belle - Lesley Pearse

29/05/2015

BELLE_1340029144B

 

Belle
Belle # 1
Lesley Pearse
Ano: 2012 / Páginas: 560
Idioma: português
Editora: Novo Conceito




Londres, 1910.
Belle, de 15 anos, viveu em um bordel em Seven Dials por toda sua vida, sem saber o que acontecia nos quartos do andar de cima. Mas sua inocência é estilhaçada quando vê o assassinato de uma das garotas e, depois, pega das ruas pelo assassino para ser vendida em Paris.


Sem poder ser dona de seu próprio destino, Belle é forçada a cruzar o mundo até a sensual Nova Orleans onde ela atinge a maioridade e aprende a aproveitar a vida como cortesã. A saudade de casa — e o conhecimento de que seu status como garota de ouro não durará muito — a leva a sair de sua gaiola de ouro.


Mas Belle percebe que escapar é mais difícil do que imaginou, pois sua vida inclui homens desesperados que imploram por sua atenção. Espirituosa e cheia de desenvoltura, ela tem uma longa e perigosa jornada pela frente.


A coragem será suficiente para sustentá-la? Ela poderá voltar para sua família e amigos e encontrar uma chance para a felicidade?
Autora #1 best-seller, Lesley Pearse criou em Belle a heroína de nossos tempos: uma mulher forte que luta por seus direitos em um mundo perigoso.




Oie Gente!
Ontem eu estava querendo ler alguma coisa diferente e resolvi pegar Belle para ler.
O livro é um romance histórico, ambientado em 1910 e apesar da protagonista ter 15 anos, não é um livro YA.
Belle vive na Inglaterra com a mãe, que é dona de um bordel. Apesar dela ter vivido lá toda a sua vida, não entende exatamente o que acontece lá.
Quando o livro começa, ela só sabe que as garotas da mãe dela são alegres e divertidas, que gostam de dançar e de dar risadinhas. Então ela acha que os cavalheiros que vão lá tem esse objetivo: passar algum tempo dançando e rindo com as garotas.
Ela só é uma garota inocente, protegida pela mãe de toda e qualquer referência ao significado de um bordel.
O início do livro é um pouco lento e, em alguns momentos, pouco crível, justamente por conta de toda a inocencia da Belle.
Mas aí a autora vira a vida da Belle de pernas para o ar quando ela presencia um assassinato e, desse momento em diante, você simplesmente não conseguirá mais largar o livro.
Vocês sabem que eu não sou muito fã de livros históricos, né? Um dos motivos disso acontecer é por saber que a vida das mulheres naquela época eram muito ruins e que, na maioria das vezes, pouco romance existia para elas.
Os livros ficam me parecendo irreais, entendem? Todo aquele “o amor está no ar” não permite que eu me conecte com a época do livro.
Dê-me um romance histórico onde a mocinha foi vendida pela família, obrigada a casar por ordens do Rei e eu ficarei bem mais satisfeita do que aqueles cheios de corações e flores do início ao fim.
E é justamente a realidade extremista de “Belle” que me fez gostar tanto do livro.
Eu simplesmente não conseguia largar. Só parei de ler quatro horas da manhã, quando já tinha acabado o livro todo, porque me era impossível deixar a Belle ali, naqueles momentos tão difíceis e ir dormir sem ter certeza de que ela estava bem.
O que mais me chamou a atenção no livro foi a capacidade da autora de fazer você se apaixonar por alguns dos personagens. A Belle come o pão que o diabo queimou (porque o amassado ela comia já na casa da mãe) e você vai percebendo que ela vai superando e se adaptando. E, enquanto isso acontece, você se pergunta como ela consegue superar e se adaptar àquelas situações.
Ao mesmo tempo em que ela é cínica e dura, ela é doce e amorosa. E aí as coisas vão acontecendo com ela, coisas muito ruins, e você vê que ela muda um pouco, mas não permite que os acontecimentos a tornem outra pessoa.
Além da Belle com sua vida dura, a Lesley Pearse ainda nos dá alguns outros personagens maravilhosos. A Mog, que é a mãe/amiga/conselheira/irmã da Belle, que não desiste de procurar por ela e, ao mesmo tempo, não deixa que seu desaparecimento a torne uma pessoa pior.
O absurdamente fofo Jimmy, que arrisca tudo e mais um pouco para conseguir a Belle de volta. Ou vários outros personagens, que fazem de tudo para conseguir justiça, mesmo quando muitos já desistiram.
Claro que não só de personagens bons é feito o livro. Algumas das criaturas relatadas aqui são bem reais e farão você desejar, com todas as forças, que houvesse um “ocus pocus” que nos levasse para dentro do livro com todo arsenal bélico de Resident Evil para acabar com todos eles.
Eu sei que eu já falei mais do que deveria, então vou só dizer que você deve dar uma chance ao Belle. Até aquela parte inicial um pouco chata se mostrará perfeita quando você chegar ao final dele.
Ia me esquecendo de uma coisa…
Preciso falar mais uma vez sobre o incrível trabalho gráfico da Novo Conceito.
O livro é lindo. As páginas dos capítulos tem detalhes em flores, exatamente como na capa.
É mais uma obra prima de acabamento, deixando o livro absurdamente incrível.


Barbara Santiago


Série Belle


Belle - Belle (Belle #1)
Entre O Amor e A Paixão - The Promise (Belle #2)
Survivor (Belle #3)


Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Eu já tinha lido algumas resenhas do livro e já tinha gostado da trama, principalmente por ela abordar temas complexos e extremistas, como tu mesmo falou, gosto de assuntos polêmicos nos livros. Acho que a parte inicial ser um pouco cansativa se torna um mero detalhe pelo que vem a seguir no livro. A trama me parece envolvente, e a Belle com certeza é uma personagem mais forte do que supomos de início.

    ResponderExcluir
  2. Leticia Ramos de Mello Oliveira30 de maio de 2015 07:16

    A Belle pode ter 15 anos no início do livro, mas no inicio do século XX, você já tem que ser tornar uma adulta nessa idade pois a morte já vinha te buscar aos 50 anos. Sei que sofro mais com esse tipo de livro, pois sou do tipo mais reativa, que quer achar saídas para a personagem que a autora só vai mostrar mais para frente. Sim, é realmente aquela vontade de levar todo aquele armamento da Alice de Resident Evil e acabar com os vilões.
    E Belle é a frente de seu tempo, lutando contra a maldade e o machismo que imperavam no mundo antes da Primeira Guerra Mundial.
    Acredita que concorri a continuação de Belle, Entre o amor e a Paixão, num sorteio, que eu perdi, sem saber que era a continuação. Acho que é porque além de eu não ter visto a sinopse, as histórias são tão bem fechadas que eu não dei conta disso. Ah, não leiam a sinopse de Survivor sem ter lido Entre o Amor e a Paixão, mesmo estando ainda só em inglês (Até agora a Novo Conceito não publicou o livro), pois ela conta com quem Belle fica, e mesmo que isso não diga os motivos da escolha, isso já é um spoiler.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. A capa é lindíssima, mas fico com medo de livros com mais de 500 pags achando se ele realmente tem história pra tudo isso. E fora que tem esse tema tão atual e que tbm é pesado... sou uma pessoa muito fácil de ser impressionada por certos assuntos.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Percebi o quanto o livro é tocante e é compreensível a inocência de Belle, era apenas uma garota de 15 anos no início do século vinte e que devia acreditar no que a mãe dissesse, deve ser chocante quando ela percebe que foi engana e que enquanto dormia, muitas mulheres sofriam pelo rumo que suas vidas tomaram e perceber que sua mãe as vendiam. Algo triste, ainda pior quando se encontrar em situação pior, será mandada por um lugar quem nem conhece e ainda vendida. Gostaria muito de ler o livro, para ver a coragem e fortaleza dessa mulher.

    ResponderExcluir
  5. Hello!!
    Nossa, adorei a sinopse e a sua resenha só me deixou com vontade de conhecer a estória ad Belle!
    Achei a capa linda, escolheram uma modelo bem bonita pra ela.
    E que estória mais doida! Achei diferente do que tenho lido ultimamente, a mocinha inocente q vira uma mulher forte! Adorei mesmo!
    E vc falando que nao largou o livro ate terminar ja me deixa mais animada ainda, eu acabo um capitulo e fico querendo ler só mais um pouco do próximo e qdo vi terminei foi tudo, hahaha.
    Ótima dica de livro, e sendo uma série vai ser melhor ainda, pq da pra conhecer melhor os personagens.
    Bjus

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados