Lançamentos Novo Século

25/05/2015

 

image002 (1)Jack Nicholson: o gênio excêntrico de Hollywood

Com sua inovadora biografia “Nicholson – A biografia”, Marc Eliot lança novas luzes à vida, dentro e fora das telas, daquele que é considerado um dos mais importantes astros da história do cinema.
Com 78 anos, Jack Nicholson é um genuíno representante da geração de atores hollywoodianos dos anos 1970. Considerada um renascimento na arte de fazer filmes românticos e dramáticos, a nova era pós-clássica trouxe diretores e atores de Hollywood que usavam suas próprias experiências para compor seus personagens.
Dono de um estilo notável, Nicholson dava vida aos personagens que interpretava emprestando a eles seus próprios sentimentos. Daí o sorriso sarcástico e o jeito tresloucado que marcaram Jack Torrance, de O Iluminado (1980), o Coringa de Batman (1989) e o escritor racista e homofóbico de Melhor, impossível (1997).
No cinema desde 1956, com quase uma centena de filmes em sua carreira, o ator foi indicado ao Oscar doze vezes e levou três estatuetas para casa: duas de melhor ator em Um estranho no ninho (1975) e Melhor, impossível (1997) e uma de melhor ator coadjuvante em Laços de ternura (1983).
Na vida real, cumpriu o destino de bad boy durante anos: foi dependente de drogas, se envolveu diversas vezes com a polícia e esteve em várias clínicas de reabilitação. E todas essas histórias são reveladas em Nicholson – A biografia. Depois de anos de pesquisa e entrevistas com pessoas ligadas ao ator, o biógrafo Marc Eliot percorre a infância humilde de Nicholson em Nova Jersey e conta os segredos de família.
Abandonado pelo pai, Jack cresceu chamando sua avó Ethel de “mãe”, sem saber que a verdadeira era sua suposta irmã mais velha, June, que engravidou quando ainda era menor de idade. Para evitar as críticas dos vizinhos, sua avó tratou logo de afastar a filha de New Jersey. Quando voltaram para casa após a gestação, Ethel assumiu Jack como filho. O ator só ficou sabendo da verdade quando leu uma reportagem da revista "Time" sobre a história de sua origem, depois de ambas terem falecido.
O biógrafo Marc Eliot também revela as barulhentas noites com Warren Beatty, os turbulentos relacionamentos com estrelas como Michelle Phillips, Anjelica Huston e Lara Flynn Boyle, e seu trabalho nos sets de filmagem com diretores lendários como Dennis Hopper, Stanley Kubrick e Roman Polanski, compondo com maestria um cenário completo dos 50 anos de carreira de Nicholson no cinema, bem como um íntimo retrato de sua vida pessoal.


Ficha técnica
Título: Nicholson – A biografia
Autor: Marc Eliot
Gênero: biografia
Número de páginas: 352
Preço: R$ 49,90


 

 

E o que vem depois_CAPA FINAL.indd


E o que vem depois?”, um thriller capaz de levar o submundo da internet a um nível de morbidez impressionante


Consagrado internacionalmente, “E o que vem depois?” é sombrio e perturbador, trazendo à tona um tema ousado em um mundo muito próximo da realidade que nos cerca

A trama, editada pela Novo Século Editora, transita entre o universo apelativo dos reality shows, e o horror provocado pela tortura de inocentes para satisfazer a obsessão por um prazer sem limites. Com uma narrativa surpreendente, o autor nos leva a conhecer até que ponto a mente humana é capaz de extrapolar os limites do que é aceitável, e arquitetar os mais terríveis atos de brutalidade contra uma vítima indefesa apenas por dinheiro e diversão.
É assim, enveredando por um submundo obscuro, que o livro “E o que vem depois?” nos mostra a face mais assustadora do sadismo, revelando que indivíduos incapazes de sentir empatia ou compaixão pelo destino do outro estão mais próximos de nós do que podemos imaginar. Em um canal na internet, anônimos se deleitam com o sofrimento infringido a uma jovem de 16 anos. Ali, sozinha, a prisioneira fica a mercê dos internautas que decidirão sua sorte.

A vítima é Jennifer Riggins, uma garota raptada em plena luz do dia, pelo casal que idealizou o site “E o que vem depois?”. O sequestro é testemunhado pelo professor universitário aposentado Adrian Thomas. Adrian acaba de descobrir que tem uma doença degenerativa em estágio terminal. Atônito, procura a polícia para relatar o caso, porém é totalmente ignorado. Sem poder esperar mais, resolve agir por conta própria, lutando contra o relógio, já que ele não viverá por muito tempo.

Agora, a única esperança para essa jovem, que apenas começou a viver, reside nesse homem cuja vida se aproxima do fim.


Dados Cadastrais
Título Nacional: E o que vem depois?
Título Original: What comes next?
Autor: John Katzenbach
Tradutor: Henrique Guerra
Categoria Ficção/Suspense: Literatura estrangeira
Páginas: 448
Edição: 1ª edição
Preço: R$ 39,90


Sobre o autor
John Katzenbach nasceu em 1950, nos Estados Unidos e foi repórter do jornal Miami Herald. Escritor de destaque, deixou o jornalismo para dedicar-se aos thrillers psicológicos, escrevendo seu primeiro bestseller, No Calor do Verão, em 1982. Possui três romances adaptados para o cinema, incluindo A guerra de Hart, com Bruce Willis, e Justa Causa, estrelado por Sean Connery. Também do autor, a Novo Século já publicou O ANALISTA e O HOMEM ERRADO.



Depois de comentar, preencha: Formulário

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Leticia Ramos de Mello Oliveira26 de maio de 2015 10:02

    Olá, Elis!

    Adorei os dois lançamentos. Fiquei pasma quando a sinopse da biografia de Jack Nicholson revelou que ele foi criado pela avó, que mentia dizendo que era a sua mãe e só soube a verdade após elas terem morrido. E tudo isso por causa do tabu da gravidez na adolescência em um país que ainda é bastante conservador como os Estados Unidos. Parece até coisa de filme, mas é real.
    E E o que vem depois? tem uma trama que me lembra o estilo de Criminal Minds, com seus assassinos complicados e com as motivações mais tenebrosas misturado ao submundo virtual, onde qualquer coisa pode ser feita quase sem o risco de ser preso por isso. Fiquei até louca de verem os policiais ignorando a denúncia da testemunha. Acho até que foi preconceito em relação a sua doença terminal, o que torna tudo mais cruel ainda.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Não curto biografias, talvez uma cinebiografia, então o único que me interessou foi “E o que vem depois?” e ainda assim nem sei se leria pq achei tudo muito tenso.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei mega animada com o segundo lançamento. Adoro thrillers, e esse me parece ter uma trama bastante original e envolvente, o que muito me agrada. Não gosto muito de biografias, a não ser que eu seja realmente fã da pessoa retratada ali. Apesar de gostar do Jack não chego ao ponto de ficar animada com esse livro.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Como não goste de biografias, passaria longe do primeiro livro, mas quem se esquece do personagem Coringa? Impossível de se esquecer daquele rosto que parece ter sempre um sorriso macabro grudado. O Segundo livro Parece ser bem tenso, mas senti que talvez decepcione, pois ainda na sinopse eu me senti perdida, então imagino como seria a leitura. A internet é algo maravilhoso, mas muito perigoso também, muitos criminosos se escondem atrás da tela e não entendi muito como foi e porque a menina foi raptada. Senti a sinopse um pouco vaga.

    ResponderExcluir
  5. Hello!
    Não costumo ler livro biográficos, mas esse livro me chamou a atenção. Fiquei surpresa por ele só descobrir depois que a irma mais velha na verdade era a mãe dele, parece até filme. Leria esse livro, acho ele um talentoso ator.
    Já sobre o livro “E o que vem depois?” gostei da sinopse, com suspense e mistério, é um estilo que gosto e que me prende a leitura.
    Ótimo lançamentos!
    Bjus

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados