Resenha: Uma Visão do Fogo - Gillian Anderson, Jeff Rovin

10/04/2015

UMA_VISAO_DO_FOGO_1412296572B

Uma Visão do Fogo
Saga do Fim do Mundo # 01
Gillian Anderson, Jeff Rovin
Ano: 2014 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: LeYa




O primeiro romance de Gillian Anderson, protagonista da série Arquivo X no papel da agente Scully, é um thriller de ficção científica de proporções épicas.
A especialidade de Caitlin OHara, uma renomada psicóloga infantil, é ajudar crianças e jovens que sofreram algum tipo de trauma. Mas sua vasta experiência é desafiada quando Maanik, filha do embaixador da Índia na ONU, começa a ter visões, falar línguas desconhecidas e se autoflagelar em uma espécie de transe. Caitlin tem certeza de que os ataques estão ligados à recente tentativa de assassinato do pai da menina, fato que provocou uma tensão nuclear entre Índia e Paquistão. Mas quando adolescentes de outras partes do mundo começam a ter visões semelhantes, Caitlin percebe que uma força oculta pode estar por trás do fenômeno...
Sob a iminência de um conflito global, Caitlin terá que viajar por diversos países em busca de possíveis ligações paranormais entre os incidentes a fim de salvar não apenas sua paciente, mas talvez o mundo.



Olá!


Confira a resenha do livro Uma visão do fogo da autora Gillian Anderson e Jeff Rovin.


Uma visão do fogo é o primeiro livro da trilogia, escrita por Gillian Anderson a Scully de Arquivo X em parceria com o autor Jeff Rovin.


No prólogo do livro é narrado um roubo, de dentro do navio de pesquisas da amostra E33 que parece um meteorito.


Nas partes seguintes conhecemos Caitlin O’Hara, PhD terapeuta de adolescentes e personagens que estão relacionados a acontecimentos estranhos ao redor do mundo.


Indianos e Paquistaneses estão a beira de um confronto por causa da Caxemira. O embaixador Ganak sofre um atentado em Manhattan enquanto levava sua filha Maanik à escola. Ele não é ferido, nem sua filha, porém o trauma desencadeia em Maanik um comportamento estranho, onde ela parece entrar em transe falando em uma língua desconhecida e se autoflagelando.


Ben, intérprete da ONU e homem de confiança do embaixador, chama sua amiga Caitlin para ver o que há com Maanik. Porém o comportamento estranho dela também está ocorrendo em outros lugares do mundo e Cat vai para o Haiti e para o Irã investigar e ver o que pode fazer por esses adolescentes.


Ao mesmo tempo que tenta desvendar o que está acontecendo com esses adolescentes, Cat se conecta e um grande mistério pode estar por trás disso.


Enquanto isso ratos e animais em NY se comportam de maneira estranha próximos a um prédio de uma sociedade de pesquisas. É um clube que mantêm objetos peculiares e um deles é aquela amostra E33, que foi roubada do navio de pesquisas, e levada até aí.


Os autores se valem de mitos e histórias para criar um clima de mistério na trama. Quem já ouviu falar dos Vedas, antigas civilizações, etc notará esses detalhes e quem nunca ouviu falar, terá um prato cheio para acrescentar as curiosidades e lendas.


A trama é bem desenvolvida, prende a atenção do leitor.


Passo a passo vamos descobrindo junto com as personagens o que há por trás de todo esse comportamento estranho e acontecimentos , que pode ou não estar ligados.


Ao mesmo tempo em que Cat vai atrás das vítimas, ela também se envolve e tem que resolver seus próprios conflitos, mãe solteira com filho com deficiência auditiva e tendo que viajar pelo mundo atrás desses casos e tentar encontrar algum elo, alguma explicação.


Os acontecimentos atuais podem ter sido iniciados há eras ou é tudo fruto de alguma histeria? Será que a doutora conseguirá descobrir a causa ou tudo está perdido?


Um livro muito bom. Recomendo.


Li em ebook. Gostei bastante da capa.


Por Rosana Gutierrez



Depois de comentar, preencha:


Formulário

Comente com o Facebook:

3 comentários :

  1. ELIZABETH MACHADO SALLES11 de abril de 2015 07:49

    A trama parece ser bem elaborada. Gostei de conhecer a história e personagens. Sou apaixonada por história deste tipo.Prendem bastante minha atenção. Fiquei curiosa e empolgada depois de ler a resenha. espero conseguir ler também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Minha primeira pergunta seria se esta Gillian Anderson era aquela Gillian Anderson hahahahahahahaha
    Gostei bastante do que li, principalmente desses eventos paralelos pelo mundo... se Gillian é tão boa escritora como é como atriz, tenho ctza de que não me arrependerei da leitura ;)

    ResponderExcluir
  3. Já tinha visto essa resenha da Rosana no blog dela, e apesar dessa resenha empolgante e de gostar de thriller não gostei da sinopse, sem falar que não costumo ler ficção científica.
    Bjos!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados