Resenha: Uma Noite Para Se Entregar - Tessa Dare

29/04/2015

UMA_NOITE_PARA_SE_ENTREGAR_1426211219439496SK1426211219B

Uma Noite Para Se Entregar
Spindle Cove - Livro 01
Tessa Dare
Ano: 2015 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Gutenberg




Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos.
O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável.
Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.



Comprei seguindo recomendações e não me arrependi!
O romance tem tudo o que eu gosto: é de época, tem mocinha decidida, mocinho tudão e mandão, bastante romance, cenas quentes e é bem humorado!


O mocinho, Bram, se feriu durante a guerra e agora está indo com os seus homens para Spindle Cove, falar com o conselheiro do rei, quando são impedidos por um rebanho de ovelhas, que resolvem pastar no meio da estrada, atrapalhando a tudo e a todos. Ovelhas são muito sem-noção! Para conseguir passagem, eles resolvem “explodir” as benditas e o fato causa rebuliço e quase acabam explodindo a mocinha, Susanna, por tabela!


Susanna tem um programa para mulheres “incomuns” na cidade, a com isso ela acabou tornando a pequena cidadezinha em um refúgio e as mulheres acabaram tomando conta de tudo! Não sobrou um homem de verdade na cidade para contar a história, somente um bando de efeminados com passas secas e gravetinhos raquíticos no lugar das bolas! Mas Bram e seu bando estão dispostos a mudar as coisas, e devolver as bolas e a dignidade para os homens da cidade. Ele foi incumbido de formar uma milícia para defender a cidade durante a guerra e vai fazer isso custe o que custar!


O problema, é que parece que o único “homem de verdade” da cidade inteira é a justamente a mocinha! E os dois vão brigar e fazer as pazes praticamente o livro inteiro. Bram é caidinho por ela, e não faz questão de esconder isso, mas a Susanna é resistente e vai dar uma canseira danada nele!


Adorei, o livro é ótimo e divertido. Mal vejo a hora de ler os outros da autora.



Cris Paiva


Série Spindle Cove


Uma Noite Para Se Entregar - A Night to Surrender (Spindle Cove, #1)
Once Upon a Winter's Eve (Spindle Cove, #1.5)
A Week to Be Wicked (Spindle Cove, #2)
A Lady by Midnight (Spindle Cove, #3)
Beauty and the Blacksmith (Spindle Cove, #3.5)
Any Duchess Will Do (Spindle Cove, #4)



Depois de comentar, preencha:


Formulário

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Também gosto de livros de época com mocinha decidida e mocinho mandão!!
    Esse livro com certeza é pra mim!! Amo livros com histórias divertida com protagonistas briguentos. Valeu pela dica, vou pesquisar mais sobre ele!

    ResponderExcluir
  2. Nossa o livro parece ser ótimo, curto muito romance de época, mocinha decidida, mocinho mandão, cenas quentes e história divertida, fiquei doida pra ler!

    ResponderExcluir
  3. ELIZABETH MACHADO SALLES30 de abril de 2015 09:41

    Personagens assim são ótimos de curtir. Os dois turrões e de personalidades quentes. Rsrsrs Gostei de conhecer a trama e pelo que vi tem muita emoção rolando nessas páginas. Com certeza vou ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Leticia Ramos de Mello Oliveira30 de abril de 2015 15:36

    Spindle Cove me lembrou Cordeiro (Ovelha, cordeiro: Tudo a ver!), uma cidade aqui no Brasil onde só vivem mulheres. Há até uma lenda ligada a ela, dizendo que a cidade ficou assim porque uma mulher fugiu de um casamento combinado.
    Mas é engraçado ver uma trama de gato e rato, onde a mulher é em pé de igualdade com o homem. Deveria ser sempre assim, até na vida real.
    Provavelmente o romance não será lido por quem é membro da Sociedade Protetora dos Animais devido ao incidente das ovelhas. hihihi

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. hahahahahahahahahaha gargalhei com a sua resenha!!!
    Já tinha me apaixonado pela capa, agora então PRECISO do livro!
    "O problema, é que parece que o único “homem de verdade” da cidade inteira é a justamente a mocinha!"... amando muito essa dupla desde já ♥

    ResponderExcluir
  6. Na verdade o acidente foi com a mocinha. Nenhuma ovelha foi ferida ou comida nesse livro. Kkkkkkk

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados