Kindle Unlimited - Eu assino

03/02/2015

14534_ku_980x360._V319788273_

 

Falou em novidade literária, a curiosa aqui logo se envolve. Com o Kindle Unlimited não seria diferente. Assim que eu soube, comecei a testar.


Basicamente ele funciona como um aluguel de ebooks, todo mês você paga R$19,90 para ter acesso ao acervo disponibilizado. Quantos ebooks você pode ler? Quantos quiser, desde que alugue 10 ebooks por vez, acabou de ler? Devolva o ebook e pegue outro, simples assim.


Como toda opção nova, o acervo não é abrangente, a maior parte das editoras ainda não fazem parte do programa. Como não entendo como isso funciona, não vou nem especular o porquê.


Olhando o acervo achei vários livros didáticos, de auto ajuda e nacionais. Isso mesmo, o carro forte do unlimited são os livros nacionais, o que não deve chamar muito a atenção de quem não costuma ler esses tipos de livros. Aqueles que já leem livros nacionais do wattpad, muitos livros que saíram de lá, estão nesse acervo.


Em sua minoria, vi alguns livros das Editoras Leya, Rocco e Universo dos livros, o que dá esperança do programa crescer, envolvendo mais variedade e chamando mais editoras.


Para quem não lê muito dessas editoras ou muitos nacionais, o kindle unlimited ainda não é para você, mas eu gosto da ideia e não devo desistir dela por agora.


Conforme eu for lendo livros que estão no catálogo, vou resenhando aqui para vocês ;)


Conforme a própria Amazon diz:


P: O que é Kindle Unlimited?
R: Kindle Unlimited é um programa que permite que você leia o quanto desejar, escolhendo entre milhares de títulos. Explore novos autores, gêneros ou categorias, de mistério a fantasia, de romances a negócios e mais. Você pode ler em qualquer dispositivo por apenas R$ 19,90 por mês, com cancelamento disponível a qualquer momento. Experimente agora gratuitamente por 30 dias.


P: Como posso acessar os eBooks de Kindle Unlimited?
R: Você encontra os títulos de Kindle Unlimited em toda a Loja Kindle. Os eBooks que fazem parte do programa exibem o ícone de Kindle Unlimited e apresentam o botão "Leia de graça" nas suas páginas.


Você encontra títulos populares e recomendações personalizadas na página do Kindle Unlimited. Além disso, você pode acessar todo o catálogo do programa e buscar por sua categoria preferida.


P: Preciso ter um dispositivo Kindle para aproveitar o Kindle Unlimited?
R: Não. Você pode ler eBooks do programa em seu Kindle ou seu celular, tablet ou computador com os aplicativos de leitura Kindle gratuitos.


P: Como me inscrever em Kindle Unlimited em meu dispositivo iOS?
R: Para se inscrever no programa em seu iPhone ou iPad, visite www.amazon.com.br/kindleunlimited usando o navegador do celular. Você consegue baixar os eBooks que fazem parte do programa pelo navegador, assim como você já faz para baixar títulos da Loja Kindle e ler em seu aplicativos de leitura Kindle gratuitos.


kindleunlimited


Depois de comentar, preencha:


Formulário

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Eu achei essa ideia bem legal pra quem lê e-book e sai até mais barato do que ficar comprando. Eu não aderi aos e-books ainda mas quando aderir, vou querer testar esse programa.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho a ideia muito legal, uma pena ainda não ter autores mais 'atuais'...autores de lançamentos de livraria, entende, mas acredito que com o tempo aconteça.
    Eu prefiro um livrinho na mão rs, mas quem sabe uma hora me rendo aos e-books.
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Leticia Ramos de Mello Oliveira4 de fevereiro de 2015 07:51

    Olá, Elis!

    Sou mais habituada aos livros de papel, mas também achei essa ideia bacana. Alguns até dizem que é a Netflix dos livros, mas comparo com aqueles antigos clubes de CD em que você recebe um catálogo em casa e pode escolher os CDs que quiser levar pagando um determinado valor por mês.
    Ah, tenho uma explicação sobre o motivo do acervo em português ainda ser baixo. É que para que serviços como esse possam liberar a qualquer momento os livros sem que haja a compra é preciso que a dona do serviço (nesse caso, a Amazon) faça acordos com as editoras para que possam liberar esses livros para o aluguel. Nisso consiste também os direitos autorais, que nesse caso são pagos pela mensalidade dos clientes. No caso da Leya, da Rocco e da Universo dos Livros, penso que o acordo foi feito com poucos livros só como um modo de teste, para ver se o serviço terá sucesso no Brasil. Se sim, logo essas editoras liberam o acervo completo para o Kindle Unlimited, assim como outras editoras vão entrar no serviço.
    No caso dos autores independentes, acabei de pesquisar e descobri que se um autor cadastra o livro publicado no KDP Select (programa da plataforma de autopublicação da Amazon que permite que se faça promoções e publicidade para o livro na Amazon em troca da exclusividade da venda dele na Loja do Kindle), ele automaticamente faz parte do Kindle Unlimited e o autor recebe os direitos de acordo com o número de alugueis feitos.
    É uma boa ideia, considerando que não se precisa ter um Kindle para ler os livros e que o custo da mensalidade é praticamente o de um livro mais popular. Só espero que o preço não aumente junto com o acervo...

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Eu aderi ao Kindle Unlimited e estou gostando bastante. Já li vários livros. Torcendo pra que livros atuais comecem a fazer parte do acervo.

    ResponderExcluir
  5. A proposta da Amazon é realmente interessante. Fiquei sabendo através de um e-mail, onde me ofereciam o serviço durante um mês gratuitamente. Gosto muito de comprar livros físicos pela Amazon, devido ao frete grátis nas compras acima de R$100,00 no Nordeste, então as vezes economizo e faço uma compra maior, já que o frete para o Nordeste na maioria das lojas virtuais costuma ser bem caro.
    O melhor deste projeto é o bom acervo, apesar de algumas ressalvas (por não haver uma verdadeira infinidade de opções), por um preço justo. Não é necessário ter um e-reader, o que é vantajoso para quem não possui um kindle (como eu). Gosto muito dos e-books, principalmente quando as obras que estou lendo são extensas, o que dificulta na praticidade ao levar o livro físico. Espero mesmo que o projeto ganhe muitos adeptos e que as editoras invistam mais nos livros digitais, pois nesta era onde se preza a praticidade e o conforto é de suma importância que os consumidores possam ter mais e mais opções que se adequem as suas necessidades.

    ResponderExcluir
  6. Pra quem gosta, a ideia é ótima e até sai barato, mas eu não me acostumo a leitores digitais.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados