Resenha: Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks

09/01/2015

UM_HOMEM_DE_SORTE

Um Homem de Sorte
Nicholas Sparks
ISBN: 9788581630311
Ano: 2011 / Páginas: 352
Editora: Novo Conceito




"Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografia dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela".
Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na estrada da cidade de Hampton, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Depois de sair de Colorado, há cinco meses ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre espontânea vontade. Gostava de partir quando sentia vontade, para o lugar que quisesse. Depois de passar anos cumprindo ordens no Corpo de Fuzileiros Navais, a liberdade o atraía. Até ter encontrado a fotografia.



Antes que eu comece a falar sobre o livro, preciso deixar um lembrete: Nicholas Sparks é conhecido por escrever histórias dramáticas. Um enredo que não adianta você torcer, gritar, espernear, sempre alguém morre no final ou a tragédia é tanta, que você acaba chorando. Não estou dizendo que as histórias são ruins, mas tem drama, e nem todas as pessoas gostam desse tipo de enredo. Então, quando for ler o livro se prepare para tudo.


Logan Thibault, um jovem fuzileiro naval, encontra no Kuwait uma foto de uma jovem vestindo uma camiseta com os dizeres “Garota de Sorte”, e no verso da foto as palavras “Se cuida! E.”Sem explicação, aquela foto começa a dar sorte para Logan.


Seu melhor amigo Vitor acreditava que aquela foto era o amuleto da sorte de Logan, e que o jovem fuzileiro devia algo àquela garota, por salvá-lo várias vezes.


Depois que volta ao país, Logan decide partir a pé com seu fiel cachorro Zeus, de Colorado até a pequena cidade de Hampton, para encontrar o seu anjo da guarda: a moça da fotografia que o protegeu por cinco anos. E os dois se encontram.


Elizabeth é mãe solteira, lutadora, que mora com a avó e o filho, Ben. Seu mundo se resume em dar aulas, cuidar do filho e ajudar a avó. Não imaginava o quanto sua vida mudaria ao se encontrar com o introspectivo, companheiro e leal Logan.


Acho que de todos os livros que já li do Nicholas Sparks, esse é o mais leve, e por incrível que pareça, eu não chorei no final \o/.


Nicholas se preocupou mais com o começo do romance, com o fortalecimento daquele sentimento entre Beth, Logan e o pequeno Ben, que acabou deixando de lado sua maneira trágica de contar as histórias. Sim, temos um pouco de drama, problemas, mas não achei que isso atrapalhou o romance.


Interessante como um simples detalhe pode mudar a vida de tantas pessoas. Logan queria agradecer Beth, por involuntariamente ser seu amuleto da sorte. Mal sabia a sorte que teria ao encontrar aquela família, e depois de tanto tempo, sentir-se em paz consigo mesmo.


Alguns dizem que Um homem de sorte não é a melhor história do autor. Para mim foi a história mais leve, com mais romance, com um enredo sobre destinos, e como ele pode afetar a vida de tantas pessoas.


Por Ana Carla



Depois de comentar, preencha:


Formulário

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Eu confesso que ja desisti de ler qualquer coisa que seja do autor rs,
    não sou fã de romances tragicos..como é regra nos dele rs. Mas saber que este é seu romance mais leve, me da até uma esperança de que tenha sido mais normal e sem tanto mimimi rsrs, mas nao acho que va ler...fujo do autor ;)
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana, já vi muito isso das pessoas dizerem que é uma das piores histórias do Nicholas mas eu que não sou fã dele gostei muito desse livro. Foi uma leitura rápida e agradável, bem melhor do que o outro livro que li dele.

    ResponderExcluir
  3. "Nicholas Sparks é conhecido por escrever histórias dramáticas. Um enredo que não adianta você torcer, gritar, espernear, sempre alguém morre no final ou a tragédia é tanta, que você acaba chorando."

    Resumiu perfeitamente a minha opinião e é por isso que não me atrevo a encarar seus livros. Já vi duas adaptações e, olha, se arrependimento matasse, eu não estaria mais aqui. Preciso de livros que me façam rir pq pra chorar já tenho a vida hahahahahaha

    ResponderExcluir
  4. Já li Um Homem de Sorte e gostei do livro justamente pelo fato de não ser tão "trágico". Achei uma história madura, mas confesso que não me envolvi tanto com a história. Não costumo ler as obras de Nicholas Sparks (li ao todo 5 dos trocentos livros que já lançaram no Brasil rsrs) pois apesar de gostar de histórias dramáticas, os enredos sempre seguem o mesmo padrão, o que torna a leitura cansativa e sem algo cativante ou surpreendente.

    ResponderExcluir
  5. Eu simplesmente não consigo ler nenhum dele rs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados