Resenha: Onde a lua não está - Nathan Filer

12/11/2014

onde

Editora: rocco
Número de páginas: 272
Ano Edição: 2014


Sinopse: Numa viagem de férias em família, dois irmãos saem numa aventura infantil no meio da noite, mas apenas um deles volta a salvo para casa. Finalista do Costa Book Awards,Onde a lua não está é o elogiado romance de estreia de Nathan Filer, enfermeiro da área de saúde mental e poeta performático britânico.


Permanentemente assombrado pela morte do irmão, portador da Síndrome de Down, Matthew nunca desistiu de tentar entender o que aconteceu na fatídica noite e acredita ter descoberto uma maneira de trazê-lo de volta, neste comovente romance de formação que inspirou um curta-metragem dirigido por Udo Prinsen.


Olá!


A resenha de hoje é de Onde lua não está, de Nathan Filer


Este livro aborda, de maneira realista, os transtornos comportamentais resultantes de uma inesperada perda familiar.


Inspirou um curta-metragem dirigido por Udo Prinsen, disponível aqui.


É a história de Matthew que perde seu irmão mais velho, Simon, portador da Síndrome de Down. Os meninos saem à noite, às escondidas, mas Simon não volta com vida.


O tempo passa e Matthew não supera a dor da perda. Sente-se culpado.




“Simon não se importaria se eu brincasse com seus brinquedos… Mas eu não brincava e o motivo era óbvio. Eu me sentia culpado demais.”



Matthew deixa a escola e a mãe cuida dele em casa.


Dez anos se passam e ele vai morar sozinho em Bristol, Inglaterra. Ouve vozes, sente a presença de seu irmão. À beira da esquisofrenia, é internado em uma instituição psiquiátrica (não é a primeira).


Em uma das visitas, a avó, Nanny Noo, lhe oferece uma máquina de escrever.Ele começa a contar sua história que são, na verdade, trechos de vida sofridos, e sua luta para entender o que aconteceu com Simon naquela noite e com ele mesmo a partir do inesperado acontecimento. O fato é que através da escrita Matthew aproxima Simon de sua vida.


Estratégia ou não, é um belo exemplo de esforço de superação através de suas verdades e convicções.


Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

 

Comentarista Premiado < Formulário >

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. UAU,deve ser um livro meio triste, mas me deixou curiosa!!
    Vou acrescentar na minha lista

    ResponderExcluir
  2. Nossa, esse livro parece ser bem triste, e com certeza é um assunto que eu nunca li. O livro realmente parece ser um exemplo de superação. Não conhecia ele, mas fiquei bem interessada.

    ResponderExcluir
  3. No mínimo, perturbador. Apesar de ter curtido, corre de livros assim, pesados, sabe? Prefiro leitras mais leves, mas curto muito o gênero na forma de filmes.

    ResponderExcluir
  4. Não gosto muito de dramas, mas esse parece ser ótimo! Não dava muito pra esse livro, mas acho que estava errada. A capa eu gostei, e o personagem acho que vou gostar também.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. A capa desse livro é linda demais! O título tem alguma coisa a ver com a história? Porque pelo que li na resenha, não... mas enfim. Esse livro parece ser muito emocionante. Lidar com a morte de pessoas tão próximas não deve ser fácil, e ainda mais quando a pessoa se sente culpada :/ Espero lê-lo em breve

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados