Divulgação: Blogs Rotaroots #01

08/11/2014

Hoje eu conheci o blog Maçãs Verdes.


**Quem escreve:



Amanda, 24 outonos, taurina com ascendente em leão, prazer. Adoro cheiro de chuva, detesto pegar ônibus. Sou uma sedentária querendo ser atleta, uma junk-foodier querendo ser natureba. Sou jornalista formada na UFPE, trabalho com Publicidade e morro de vontade de cozinhar profissionalmente. Quem disse que a gente só pode gostar de uma coisa na vida? ;)


**O blog:



Muito bem. Acho que eu deveria começar explicando a vocês por que o nome do meu blog é maçãs verdes, não é mesmo? Bem, espero que não me achem completamente demente por causa disso, mas vou contar a história do jeito que é, sem meias palavras nem meias verdades. Se eu sou uma übber bobona, pra quê fingir pra Deus e o mundo que sou totally a sabe-tudo? Então, o negócio é que eu estava conversando com meu amorzinho, Weslley, e não sei como chegamos no assunto maçãs verdes. Perguntei se ele já havia comido uma e ele disse que sim. Então perguntei a ele se maçã verde era azeda, ou amarga. Ele olhou esquisito pra mim e disse que não, claro. Eram boas, gostosas na maioria das vezes. Então foi minha vez de olhar esquisito pra ele. Ué, mas elas não são verdes? É por que não estão maduras, ceeerto? Eeeeeeeerrado! Então meu sabe-tudo predileto (vulgo zé-google) disse que as maçãs verdes não eram verdes por que estavam, er, verdes. Imaturas. Não, elas eram outro tipo de maçã. Que é verde. Foi aí que os meus olhos adquiriram aquela luz que só olhos que vislumbraram um grande CLIQUE interno podem adquirir. MAS É CLARO! Maçãs verdes, tudo muito a ver com minha forma de ver o mundo, meus pensamentos, minhas loucuras, supostamente verdes por causa da minha pouca idade – não, não me sinto velha por ter 23 anos, deveria? Mas que não são verdes, por que eu já as matutei muito e muito dentro do meu ser antes delas chegarem ao grande público.


É. Então essa é basicamente a história do que hoje se chama maçãs verdes. É um blog pessoal já há dois anos e não pretende ser muito mais do que isso. Aqui vocês poderão encontrar de tudo, então preparem-se. Minhas maçãs verdes são as mais suculentas e psicóticas de todo reino. #madrastamalvadafeelings


**Textos retirados do próprio site.




Li alguns posts e os que mais curti foram:


Respostas que eu poderia ter dado #1


Sobre ser mulherzinha


Estive lendo: A Vida do Livreiro A. J. Fikry, A Lista de Brett e A Parisiense


Se você se interessou não deixe de dar uma passadinha < http://macasverdes.com/ >


1511553_575859425829551_83593926_n




Eu faço parte desse grupo.


Se quiser fazer parte, clique aqui >> ROTAROOTS – Blogueiros de Raiz


Cadastre-se também no Rotation: http://epic.blog.br/rotation/



Comentarista Premiado < Formulário >

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Rotaroots... Curti esse projeto. Quando eu tiver um note de novo, verei se dá pra fazer parte...

    ResponderExcluir
  2. Acho que você vai gostar bastante.
    Bem do seu jeitinho esse grupo.

    ResponderExcluir
  3. Toda vez que entro nesse mundinho virtual lindo encontro uma novidade.
    Não conhecia Rotaroots, mas adorei a ideia... só não participo pq o tempo não está ao meu favor hahahahahahaha

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia esse projeto de divulgação, e já gostei dele. Não conhecia esse blog, e já adorei os posts, principalmente o sobre ser mulherzinha =D
    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia esse blog ainda, mas li os post que você indicou e adorei o Respostas que eu poderia ter dado #1. E também adorei o estive lendo, sou louca pra ler A Lista de Brett *u*
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Atenção

Oi gente, o blog ganhou um layout novo e como eu migrei do wordpress para o blogger, os posts antigos estão muito bagunçados. Toda mudança gera uma bagunça e não seria diferente por aqui.
Irei arrumando os posts sempre que eu tiver um tempinho, conto com sua compreensão.

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados