Resenha: Simplesmente Ana – Marina Carvalho

20/08/2014

Simplesmente Ana # 1
Marina Carvalho
Ano: 2013 / Páginas: 304
Idioma: português 
Editora: Novas Páginas
Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha…
Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex.
Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro.
A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam.
Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.


Depois de uma mini ressaca literária, fiquei uns dias sem saber o que ler. Esse livro estava me chamando a algum tempo afinal quem não suspirou com o Diário de uma princesa? Eu sim e muito. Como boa menininha romântica, adoro histórias com princesas! Ei pera, não estou comparando os dois livros, acho que nem conseguiria porque além do fato delas serem princesas sem saberem até um ponto da vida, as coisas param por aí.

Ana é uma jovem cheia de vida que é descoberta pelo seu pai em uma das coincidências da vida que amamos ler em livros. Achei essa fase de descobertas bem tranquila dentro do contexto, não houve brigas, nem ressentimentos e somente algum choro. Acho que eu não seria assim tão madura se estivesse no lugar da Ana e muito menos no lugar do pai dela o Andrej. Mas o foco do livro não era esse lógico.

O livro se focou no romance, o que eu gostei demais! Acho que toda boa história de princesa deve sim ser focada no romance. Princesas modernas demais não me encantam… principalmente por que não existe nenhum príncipe gostosão para me fazer suspirar!

A vida da Ana em outro país tão diferente foi como encaixar uma mão em uma luva, por mais que ela falasse sobre saudades e ficar sem ter o que fazer, a vi completamente encaixada no ambiente e amei mesmo os toques legais que a Marina deu a história. Encaixar músicas brasileiras e até a palavra saudade pra mim foi um toque maravilhoso. Alguns autores brasileiros tendem ou a abrasileirar tudo ou a ignorar completamente a brasilidade e isso me irrita, confesso.

Mas o foco é o romance e vou te dizer que fofooooo! Amei cada segundo da história dos dois, achei bem próximo da realidade, mas mesmo assim cheio de conto de fadas! Leitura mais que recomendada para as românticas de plantão.

Simplesmente Ana
  1. Simplesmente Ana
  2. De Repente, Ana
  3. Elena

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Feliz dia!!!

Mais Recentes

Cadastre seu email

Você quer receber as postagens do CODINOME por e-mail? Então, inscreva-se aqui.

Em seguida, é preciso ativar a assinatura na mensagem de confirmação que vocês receberão em nome do Google FeedBurner.

Link Me!

CODINOME LEITORA

Codinome: Leitora - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados